Resenha de Livro: Cicatrizes


Livro: Cicatrizes
Série: Torn #1
Autora: K.A Robinson
Ano: 2016
Páginas: 288
Editora: Rocco
Nota: 3 de 5

Vou confessar que me decepcionei muito com esse livro. Até porque esperava mais do que foi apresentado. Comprei Cicatrizes pela sinopse e pela capa que demonstravam uma história de romance new adult interessante mas durante a leitura a mesma perdeu muitos pontos pelo desenvolvimento. Antes vamos falar do enredo. A história gira em torno de Chloe que foge para a universidade de Virginia junto com seus amigos em busca de um recomeço. Mas ela percebe que sua vida será uma confusão a maior parte do tempo, já que no primeiro dia conhece Drake, piercing no lábio, cantor de banda e toda aquela postura de roqueiro sensual. Chloe se sente atraída por ele, mas tende a admitir isso por um tempo. De outro lado tem seu melhor amigo, Logan que sempre a protegeu e esteve ao seu lado. Quando o amigo se declara para ela e Chloe percebe que ele podem ser mais que amigos, a dúvida cresce em seu peito. Ficar com seu amigo e tentar algo além de amizade ao lado do cara que sempre a protegeu e foi seu amigo ou tentar algo com um cara que parece ser perdição total mas que a envolve completamente? Já perceberam que tem um pouco de clichê ai né? Pois é. Quem me conhece sabe que eu não tenho nada contra clichês e que eu até gosto deles, mas nesse caso o livro ficou mal desenvolvido. K.A. Robinson tinha um ponto legal, personagens legais e meio que deixou tudo morno e meio sem nexo durante a leitura. Muitas vezes não entendi o que a personagem estava fazendo, sendo que estava claro o que ela queria. 

O triângulo amoroso ficou muito chato durante a leitura já que a química entre Chloe e Drake é bem mais forte. Um ponto positivo é que a escrita da autora é muito boa, o que te faz querer ir até o fim do livro mesmo se decepcionando um pouco com certos pontos da história. A escrita é fácil, flui de forma rápida e os capítulos são curtos. Muitas partes do livro infelizmente me lembraram After da Anna Todd. Principalmente o fim que ficou ainda mais parecido. Eu esperava dar 5 estrelinhas pra esse livro, pela capa, pela sinopse e pela ideia da história que foi apresentada, mas não rolou. Eu até gosto da Chloe mas o desenvolvimento do drama, e do ponto alto da história não chegou ao ápice. Ficou tudo morno enquanto eu esperava ansiosamente o ponto que me fizesse amar a história. E esse ponto não chegou.  

Pra um romance NEW ADULT com pegada dramática a autora deixou muito a desejar como conduziu a história.  Parece mais um livro no meio de outros que são parecidos em que a autora podia explorar várias vertentes mas deixou de lado o que deixou o livro sem nenhum atrativo forte para que prendesse e encantasse quem estava lendo. Uma pena porque tinha quase certeza de que esse livro entraria pra lista dos meus queridinhos da estante. Não rolou. Ainda não decidi se vou acompanhar o restante da série, porém Cicatrizes apesar de decepcionar em certos pontos ainda vale sua leitura pelo romance e pela escrita fácil e envolvente da autora. 



Foram poucos os relacionamentos de Chloe até a chegada à universidade. Ela escolheu ingressar na West Virginia e cursar Psicologia pela oportunidade de permanecer perto de Amber, a melhor amiga, e Logan, o fiel escudeiro e amigo desde os tempos de ensino médio. Chloe nunca teve uma boa convivência com a mãe, drogada e desequilibrada.

Mas justamente no primeiro dia de aula, o destino de Chloe começa a ser traçado em outra direção. É quando ela senta ao lado de um típico bad boy tatuado, piercings nos lábios e nas sobrancelhas. O coração bate mais forte, a respiração fica alterada, e a boca seca. Drake Allen é o motivo. Dono de um mustang e vocalista da banda Breaking the Hunger, o rapaz é bastante assediado pelas fãs e não se prende a ninguém.
Drake não resiste à troca de olhares com Chloe, quando se esbarram pela primeira vez na sala de aula. É o início de uma relação com muitos obstáculos, movida por desejo e paixão intensos. Mas Drake se declara num momento em que Chloe, desiludida, resolve ceder aos encantos de Logan, o melhor amigo, que há anos nutre um amor platônico, e que finalmente tem coragem de se declarar.
Seria válido trocar um amor seguro por um músico bad boy, ou mais cômodo manter a amizade disfarçada de namoro? De um lado, Logan, lindo, gentil e carinhoso. De outro, Drake, uma paixão rude e avassaladora. Mas por que será que os caminhos do coração indicam sempre as curvas mais tortuosas? Chloe decide então seguir em frente na busca pela felicidade, mas não contava que o passado voltaria a bater em sua porta.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.