Resenha de Livro: Ilusão

Livro: Ilusão
Série: Os Montenegros
Autora: Jas Silva
Páginas: 352
Editora:Astral Cultural
Nota: 4,5 de 5
Livro cedido em parceria pela editora

Quem acompanha aqui o canal notou que não faz muito tempo que conseguimos fechar parceria com a editora Astral Cultural e esse é o segundo exemplar enviado de cortesia pela editora para resenha. Não conhecia o trabalho da Jas Silva e fiquei super feliz por se tratar de literatura nacional. Antes de falar do livro, vamos falar um pouquinho do enredo?  Mariana Montenegro é a caçula da riquissima e poderosa família Montenegro. Diferente de seu irmão Marcos, e sua irmã Isadora a jovem é impulsiva e tem uma paixão: corrida de cavalos. A mais promissora amazona de Santa Catarina e que nutre uma paixão tórrida por um dos funcionários da empresa da família: Henrique. Mariana não liga para os negócios da família, para as exigências de Marcos ou as provocações de sua irmã. Seu sonho é competir com seu cavalo Zeus e conquistar Henrique. Do outro lado, temos Guilherme o amigo e companheiro que está ao lado da garota desde jovem.  Quando um encontro com Henrique leva a consequências maiores, Mariana se vê obrigada a sair do país. Depois de anos vivendo em Portugal, a jovem volta para o país completamente diferente e trazendo uma super novidade. Mas não vai ser nada fácil estar de volta sabendo que sua irmã está noiva de ninguém menos que o cara que ele sempre foi apaixonada. Mariana está determinada a conquistar Henrique, mas quando as circunstâncias vão mudando as coisas parecem ainda mais complicadas do que ela pensava.  Segredos são revelados e ela terá que escolher entre a paixão que sempre quis e o sentimento sincero.

Esse livro me pegou TOTALMENTE de surpresa. Eu não esperava ficar tão envolvida na história e na narrativa da autora e isso me fez dar pontos altos para o mesmo, já que li a história muito mais rápido do que as leituras anteriores.  O livro definitivamente é muito cativante, a autora acertou nos elementos certos para que a história envolvesse e fluísse de uma forma muito bacana. Ilusão tem um pouco de tudo: Romance, sedução, cenas mais quentes e revelações. Mariana é uma personagem que eu gostei e desgostei um pouco. Demorou muito pra ela se tocar e parar com uma obsessão meio infantil pra cima de um cara que não estava nem ai pra ela e olhar para o lado e notar um cara que realmente gostava dela. Eu realmente não sei o que acontece com essas pessoas que tem um super amigo e não se tocam que o cara é apaixonado por elas. Estava praticamente esfregado na cara de Mariana que o Guilherme gostava mais do que amigo e mesmo assim ela não conseguia ver isso ou fingia pra si mesma. Em alguns momentos confesso que isso até soou um pouco irritante porque a tal friendzone em que o amigo não revela que tem sentimentos, a garota não percebe que ele tá apaixonado é bem clichê, mas quando chegou a um ponto do livro em que a autora poderia ter feito algo óbvio, ela fez totalmente ao contrário já que não foi o que eu estava esperando. Eu também não sei até que ponto um homem fica sendo super amigo de uma mulher que corre pra ele todas as vezes que ela precisa de apoio e fica bem com isso. 

Sendo assim, o Guilherme também me deixou um pouco brava no comecinho. O cara parecia bobo demais só cuidando da Mariana e deixando de ser feliz por não conseguir dizer o que sentia e não conseguir se envolver com mais ninguém em grande parte por causa dela. Henrique é um idiota. Não gostei dele desde o começo e sabia que tinha algo muito duvidoso com relação ao mesmo e isso se confirmou do meio para o final da história. Isadora, a irmã de Mariana é uma BITCH. Você sente raiva da personagem na maior da parte do tempo, mas lá no fundo até que tem um pouquinho de compaixão já que esse papel de durona e fria deve ter sido trazido a tona por algum motivo muito específico. Ilusão traz a história sobre pontos de vistas variados, narrados entre Mariana, Guilherme, Henrique, Marcos e até Isadora. 

Os irmãos de Mariana também tem uma relevância grande para a história principalmente Marcos que é responsável pelo negócio da família, machista e completamente autoritário. No final do mesmo temos um vislumbre do próximo livro que será focado dessa vez no romance de Marcos com sua assistente de trabalho. Não sei apontar  exatamente pra vocês o que fez esse livro funcionar pra mim, mas com certeza a autora soube usar dos pontos mais bacanas de uma forma envolvente e interessante dosando com esperteza as cenas mais quentes e explorando mais alguns personagens em que ela mostra a mudança e até o amadurecimento. Ilusão te faz voar pelas páginas, proporciona uma história gostosa de ler e com personagens bem escritos. To até agora querendo um Guilherme na minha vida. Parabéns de novo pra literatura nacional. Recomendo muito pra quem curte livros adultos de romance com toques mais eróticos e com uma história envolvida. 

"- O que eu sei é que você precisa parar de fantasiar um amor que não existe e olhar um pouco mais ao seu redor antes que seja tarde demais."

"Sofia estava deitada nos braços do Guilherme, passando a mãozinha no rosto dele enquanto o mesmo sussurrava algo baixinho. Como uma idiota, eu senti uma vontade inexplicável de chorar, porque era exatamente esse tipo de apoio que pensei que teria do Henrique. Era isso que eu desejava para a minha filha.

- E o peixinho melhorou? - ela perguntou toda dengosa.

- Claro que melhorou, pacotinho."

"Foi esse o momento em que cheguei à conclusão de que, se Henrique era o meu vício, Guilherme só poderia ser a minha cura. Porque não tinha outra explicação para o que sentia quando ele me abraçava."
Mariana, a caçula da tradicional e rica família Montenegro, é uma jovem obstinada e competitiva que durante anos foi uma das amazonas mais promissoras de Santa Catarina. Até que, por uma reviravolta cruel do destino, ela se viu obrigada por seus irmãos, Marcos e Isadora, a deixar toda a sua vida para trás: seus sonhos, planos para o futuro e até mesmo Henrique, o homem por quem sempre foi apaixonada. Depois de cinco anos vivendo em Portugal, Mariana fica sabendo que Henrique está noivo da última pessoa que ela poderia imaginar: sua irmã. Após essa descoberta, a jovem decide voltar ao país em uma última tentativa de conquistar o homem que ama e revelar um pequeno segredo. As coisas, porém, não saem como planejado e ela se vê envolvida em um jogo sórdido de mentiras e escândalos. Mariana é forte, mas muito impulsiva. Por sorte, ela tem ao seu lado Guilherme, um amigo de infância que sempre fez de tudo para protegê-la. Traições, segredos desvendados e descobertas inesperadas. Ilusão nos prende do começo ao fim com seus personagens intensos e cenas ardentes.

05 dicas pra vencer a timidez

Quem me acompanha por aqui sabe que eu adoro dar dicas em postagens de coisa que eu domino. Quem me conhece sabe que eu não sou tímida. Bem, não o tempo todo. Só no comecinho e quando eu não conheço bem a pessoa e não tenho intimidade. Mas conforme as coisas vão se abrindo eu vou me soltando. A timidez em si nunca me atrapalhou em fazer nada na minha vida mas muitas pessoas são extremamente tímidas, no nível de deixarem de fazer as coisas por medo de se expor ou medo do que as pessoas vão pensar delas. Por isso resolvi montar essa postagem e dar dicas pra você que é extremamente tímido(a). Lembrando que as dicas funcionam melhor se você tentar de verdade hein?
Vamos lá.


Não se cobre tanto

Um dos dilemas das pessoas tímidas é se cobrar muito. Achar que tem que se forçar a fazer as coisas e no final não conseguir fazer nada. Pra vencer a timidez você primeiro precisa entender seu ritmo e o quanto está disposta a tentar e isso pode ser aos poucos. Não fique na neura de mudar logo as coisas, leve o tempo que quiser. Você não precisa deixar de ser tímida e ser totalmente desinibida, é só saber dosar a timidez para que ela não te atrapalhe nas coisas que quer conquistar. Então, nada de se cobrar viu? As coisas vão mudando no tempo certo.


Saia mais com seus amigos

Sim, eu sei pessoas tímidas normalmente não tem muitos amigos. Uma prática interessante é sair mais com os amigos que você tem, peça para eles convidarem mais gente e conheça-os. Quanto mais você se envolver em saídas que rendam conversas, conhecer novas pessoas e curtir os momentos vai aumentar sua rede de amizade e também liberar sua inibições. Escolha programas que goste de fazer e que te deixem a vontade.


Faça alguma atividade que gosta

Seja cantar, dançar, pintar, desenhar, escrever ou tentar algum esporte. Não importa o que seja. Essa atividade vai te ajudar a ficar mais a vontade consigo mesma e também a desenvolver sua personalidade. Traz conforto, satisfação e ainda te ajuda com sua timidez.


Estabeleça metas para cumprir

Faça uma lista de coisas para tentar, coisas que nunca teve coragem de fazer por causa da timidez e coloque metas para que elas sejam cumpridas. Não precisam ser coisas muito ousadas ou arriscadas mas sim coisas que te tirem da sua zona de conforto e que você sempre evitou por medo. Cumpra essas metas e vá colocando outras. Conforme o medo for indo embora, vai ser cada vez mais fácil.

Tente coisas novas

Fazer as mesmas coisas faz com que você fique parada no mesmo lugar e crie uma rotina. Quando estiver pronta, tente coisas que nunca faria. Elas podem te trazer uma sensação libertadora. Tentar coisas novas não é ruim quando se olha para elas de uma forma diferente.  Você vai ver como vai ser mais fácil enfrentar as coisas novas que vierem na sua vida.

Eu Assisti: Meu Malvado Favorito 3


Filme: Meu Malvado Favorito 3
Título Original: Despicable Me 3
Gênero: Comédia, Animação
Duração: 1 hora e 30 minutos
Lançamento: Junho de 2017
Distribuidora: Universal Pictures
Nota: 4 de 5

Chega aos cinemas a terceira aventura estrelada por Gru e seus minions depois de ter incluído personagens novos no segundo filme, dessa vez temos uma nova descoberta. Gru ( com voz de Leandro Hassum) está se adaptando a nova vida como agente da AVL com Lucy ( voz de Maria Clara Gueiros) com quem está casado agora além das meninas. Tudo muda de repente quando em uma tentativa de capturar um vilão chamado Balthazar Bratt (voz de Evandro Mesquita) ele acaba falhando e sendo despedido. Sentindo-se um fracassado e disposto a não voltar para a vilania, os minions meio que se revoltam contra ele deixando-o sozinho. Nesse meio tempo tempo Gru recebe uma visita surpresa e  acaba descobrindo que tem um irmão gêmeo chamado Dru e que quer conhece-lo.  Dru é bem mais sucedido, cabeludo e quer ser algo que Gru foi um dia: um dos maiores vilões. Dru mostra a seu irmão que a vilania sempre esteve no sangue da família e a tentação de voltar ao mundo do mal vai voltando aos poucos enquanto ele descobre um pouco mais sobre o irmão. Gru percebe que precisará da ajuda do irmão para capturar Balthazar e fazer algo bom para sua vida. 

É verdade que quando uma animação faz um sucesso estrondoso como Meu Malvado Favorito a premissa do estúdio é continuar com pelo menos dois filmes em sequência mesmo que não tenha sido o planejamento inicial e podemos observar isso como em " Shrek" e "Toy Story". Fiquei um pouco receosa sobre como o roteiro se desenrolaria e como a história seria desenvolvida a partir da premissa de que isso já foi um pouco explorado no segundo filme. Agora, eles tiveram que novamente colocar novos elementos dentro do mesmo para que a história andasse e não deixasse de ser cativante. Não há como não gostar do filme já que os personagens já são conhecidos e simpáticos aos olhos do público então o que realmente faz uma avaliação geral do filme é a condução da história e como ela é desenvolvida ao longo dos 60 minutos. O vilão Balthazar Bratt é um dos mais legais dos três filmes e tem um estilo definido: os anos  80 e isso é visível em todas cenas presentes com o personagem desde roupas, estilos, passos de dança e é claro trilha sonora. Toda vez que ele aparece na tela dá uma pequena vontade de sair dançando por ai e você se empolga com as cenas de vilão do cara. É muito bem pensado. 

Gru ainda continua um pouco atrapalhado e focado ainda mais em manter sua vida fora da vilania, do outro lado Lucy tenta se estabilizar com as meninas exercendo seu papel de mãe e tentando defende-las de certas coisas que acontecem conforme o filme vai desenrolando. Os fofíssimos Minions continuam do mesmo jeito: fofos, engraçados e com um linguagem única que a gente não entende bulhufas mas ama de paixão. O irmão de Dru é bacana, de início achei que não gostaria tanto dele como gosto de Gru, mas conforme o filme foi desenrolando e eu pude ter mais contato com a personalidade do mesmo que é mais desastrado que o Gru o mesmo conseguir criar uma empatia bacana na telona e com o público. É verdade que nesse filme os elementos que criaram uma simpatia com a animação já foram bem utilizados então eles tiveram que se reinventar e criar elementos parecidos que lembrassem o que já foi utilizado e cativou o público de uma forma diferente. É uma boa animação e definitivamente vale a pena a ida ao cinema, mas acredito que não seja o melhor filme dos três. Meu Malvado Favorito 3 traz uma história divertida, engraçada com um novo personagem e os mesmos elementos usados em filmes anteriores que já conhecemos. É um filme leve e bacana de se assistir. Recomendo pra quem quer se apaixonar ainda mais pelos minions, o Gru e é claro as meninas : Agnes e sua fofura.

Nos anos 1980, Balthazar Bratt fazia muito sucesso através de sua série de TV, onde interpretava um vilão chamado EvilBratt. Entretanto, o tempo passou, ele cresceu, a voz mudou e a fama se foi. Com a série cancelada, Balthazar tornou-se uma pessoa vingativa que, nas décadas seguintes, planejou seu retorno triunfal como vingança. Gru e Lucy são chamados para enfrentá-lo logo em sua reaparição, mas acabam sendo demitidos por não terem conseguido capturá-lo. Gru então descobre que possui um irmão gêmeo, Dru, e parte com a família para encontrá-lo no país em que vive.


Somos só eu e você

Eu sei que esse sentimento está chegando aos pouco e isso está me apavorando. Não tenho mais defesas prontas pra tentar me esconder ou me proteger. Somos só nós dois agora junto dessa sensação que só aumenta. Sinto tudo queimar dentro do peito enquanto tento decifrar exatamente o que é isso que nunca senti antes. Agora que estou acordada tudo está ganhando forma, se acendendo de várias formas diferentes. Não quero ter medo pois quero me libertar de todas as correntes que me prenderam por tanto tempo. Encontramos o que precisávamos nos braços um do outro. Encontramos o sentimento que estivemos procurando ao trocar os olhares. Nos levantamos na construção desse sentimento, nos demos outra chance dividindo momentos que ficarão na nossa memória pra sempre. Você pode governar meu coração e me deixar no comando do seu. 


Podemos partilhar cada pequena coisa e torna-la ainda mais especial. Pedra por padra construirei um muro para proteger esse sentimento de qualquer coisa que possa querer destruí-lo. Um muro tão forte que esqueceremos que existem algo que pode nos fazer desistir. Deixe pensarem o que quiser. Estamos livres um com o outro. Podemos ser quem queremos. Podemos ser malucos, ávidos, intensos ou complicados. Tudo depende de nós, do sentimento, dos momentos. Parece complicado mas é mais fácil do que parece. O que realmente conta é o que sentir aqui dentro do peito. Vou pegar um casaco seu e deixa-lo comigo pra toda vez que sentir saudade de ti. Vou encostar meu rosto perto dele e me deixar levar pelo cheiro que me deixa abalada. As vezes por medo pode parecer que não pareço segura para ter esse sentimento, mas te garanto que vale a pena. 

Eu quero ser tudo que você precisa e muito mais. Não quero que sinta necessidade de nada. Eu sei que repito isso várias vezes mas no final só quero que tenha a certeza de que sou completamente sua. Há tanta coisa que podemos explorar, vivenciar e ter juntos de infinitas formas. E dane-se se isso parece desesperador ou cheio de planos, mas tinha que dizer como me sentia senão não seria honesta comigo mesma. Me leve a lugares que nunca estive me faça sentir aquilo que ainda não experimentei. Não quero viver com arrependimento, não quero me limitar de fazer as coisas. Quero fazer tudo aquilo que quiser e o máximo de coisas. Por isso mesmo te peço que não vá embora. Eu vou estar ao seu lado até o fim. Vou estar aqui quando precisar conversar com alguém sobre algo aleatório. Estou aqui. Estamos aqui. Somos somente nós dois. Somos eu e você contra o mundo.

Resenha de Livro :Segredos Revelados

Livro: Segredos Revelados
Autora: Fern Michaels
Páginas: 304
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Nota: 5 de 5

Se julgar pela capa de um livro você pode perder boas histórias e esse foi exatamente o caso. Segredos Revelados me surpreendeu em vários sentidos. Não esperava muito de uma história com a sinopse básica mas praticamente esse livro me envolveu pelas páginas. Conforme as páginas iam avançando eu não conseguia parar, morrendo de curiosidade para saber o que aconteceria em seguida. A autora nos apresenta uma história emocionante, comovente, envolvente e com uma narrativa que te prende durante as páginas. Gostei muito do desenrolar de tudo, nada é previsível e em muitos momentos me peguei surpreendida pelo futuro dado aos personagens. A trama aborda a vida de duas famílias diferentes porém que se interligam de modos que elas nem esperam. As duas famílias são amigas de longo tempo. Kate e Alex são o casal que se dão super bem e abençoados com seu casamento que eles tentam levar da melhor maneira possível, já que Kate não pode ter filhos. Do outro lado há Don e Debbie, um casal que tem duas filhas Sara e Emily. Don e Alex são amigos de longa data sendo assim as meninas passaram por longos tempos feriados e outros dias na casa de Alex e Kate que cuidam das mesmas durante as viagens dos pais. Após uma dessas visitas, uma ligação terrível parece acabar com a felicidade de Kate e Alex. Não vou contar muito além disso porque seria spoiler (risos) e ai estragaria a futura leitura de vocês. Não sei como descrever o quanto me surpreendi com esse livro em todos os sentidos. Debbie é uma personagem triste e nojenta que só pensa em si mesma e não faz questão de usar qualquer um pra conseguir isso. Don é alienado e bem bobo na minha visão. Já Kate e Alex são personagens muito interessantes e cativantes.  Emily é uma menina inteligente e esperta um pouco desprezada pela mãe que não entende porque os pais mimam tanto sua irmã Sara. Sara é uma criança mimada, problemática e ao meu ver produto da falta de atenção e cuidado dos pais. Sara e Emily são as principais peças da história para o desenvolvimento dos fatos que vão ocorrer depois do começo da história. 





O toque de vingança, suspense e mistério foram os pontos principais do livro. O tipo de livro que você devora fácil. Fern Michaels sabe ambientar uma história e desenvolve-la de uma forma muito bem elaborada dando as pinceladas de mistério e segredos. A trama te prende a um certo ponto na história que você não consegue parar até que saiba o que vai acontecer depois daquilo. Apesar de a capa ser super simples e não chamar nenhuma atenção Segredos Revelados foi uma das histórias que eu mais adorei na minha lista de leitura atual. O livro toca em questões interessantes, nas relações familiares os relacionamentos entre os casais. O final me surpreendeu e muito. Se você espera por algo previsível pode tirar seu cavalinho da chuva porque a autora te pega de surpresa. Essa história em muitos momentos te faz refletir e pensar no que é realmente verdade e principalmente do que as pessoas são capazes para conseguir o que querem e as consequências por isso. Um livro altamente recomendável pra você que gosta de história envolventes, trama inesperado, segredos e suspense.  Se você quer um livro pra devorar as páginas, corra pra ler Segredos Revelados. Super Recomendado. 





"Sempre acreditei  que se você tem sonhos deve lutar por eles. Não importa o que aconteça."

"Profundamente romântico, lindo, porém triste e dramático. É assim que descrevo esse livro que me marcou muito.''


“Eu também amo você, Kate. Sempre amarei. Não importa o que aconteça, não se esqueça disso.
-Não esquecerei, Alex. Prometo” .

- Desculpe.Estava procurando alguém que pudesse me dizer onde minhas filhas estão. Emily sabe que gosto do meu suco antes de eu sair da cama. Onde está aquela vadiazinha? ''

''Todas essas lembranças desmoronaram em sua mente. Ele não podia impedi-las, sentia como se fosse se afogar na abundância absoluta delas, eram muitas. A maioria de suas lembranças era boa. Se ao menos pudesse voltar ao passado, aos bons tempos. Maldição! Se pudesse voltar no tempo apenas uma hora. Um súbito mau pressentimento o envolveu como uma manta. A partir daquele momento, as mãos do tempo mudaram rapidamente o curso da vida como ele conhecia. Daquele segundo em diante, a vida como ele conhecia nunca mais seria a mesma.''




Kate e Alex Rocket são abençoados com um casamento maravilhoso e uma casa adorável. Apesar de Kate ser incapaz de ter filhos, ela e Alex cuidam de Sara e Emily, as afetuosas filhas de seus bons amigos Don e Debbie Winter, como se fossem da família. Com uma ligação, tudo muda. Sara acusa Alex de um crime hediondo, criando uma briga entre os casais. Em um único momento, a vida deles se tornou um pesadelo sem fim. Kate só pode observar, impotente, enquanto seu marido inocente é condenado e mandado para a prisão. Quando uma tragédia ainda maior acontece, Kate não tem escolha a não ser transformar sua dor em raiva... Quando sua vida está no momento mais obscuro, Kate descobre uma força interior e uma solução arriscada para limpar o nome do marido — e arruinar a vida daqueles que destruíram tudo que ela construiu com Alex. Mas o maior desafio de Kate será vingar Alex sem ter seu futuro perdido — e um novo amor precioso. Enquanto Kate tiver coragem e esperança, talvez ela não perca tudo...



Álbum para Ouvir: Starboy do The Weeknd

Álbum: Starboy
Artista: The Weeknd
Lançamento: Novembro de 2016
Gravadora: Republic Records
Gênero: R&B
Singles: Starboy, I feel it coming, Party Monster 
Nota: 5 de 5

Ah que álbum maravilhoso e delicioso! Escutei esse álbum com um sorriso no rosto TODO O TEMPO. A sonoridade, as letras, a melodia, a voz e todo o conjunto me fizeram suspirar e ter várias ideias pra vários textos românticos só ouvindo as músicas desse álbum. Que sonoridade gostosa. Eu conheço o trabalho do The Weeknd há pouco tempo e comecei a gostar das músicas depois da música feita para a trilha sonora de de 50 tons( me julguem). Depois disso, acabei escutando outras músicas e gostando ainda mais. Confesso que quando o primeiro single desse álbum saiu, ele não me encantou tanto como as outras músicas. Mas foi só parar pra ouvir esse disco que minha opinião mudou totalmente. 

Eu me identifiquei com a maioria das músicas e sonoridade me pegou tão forte que eu fiquei bastante surpresa. Coloquei várias faixas do álbum como favoritas e quando posso repito muitas delas diversas vezes. O timbre do canto já ajuda muito, a voz é doce, agradável de ouvir e tem um som bem parecido com o do Bruno Mars. Falando no Bruno, o clima das canções e as letras me lembraram bastante o cantor que investe em músicas mais lentas, com toque mais apaixonante e algumas um pouco dançantes. É evidente o bom trabalho de produção investido nesse projeto quando se ouve as faixas apresentadas. As faixas viajam por várias sonoridades e vibrações fazendo com que as canções possam ser tocadas em alto e bom som em festas e em qualquer celular. A parte romântica e sexy das canções pode ser notada em faixas como " True Colors( uma das minhas favoritas) " e " A lonely nigh" que encantam e te fazem passear por momentos dentro da sua mente. Não posso dizer muito mais desse álbum, só te resta ouvir pra tirar as mesmas conclusões que a minha. É bem óbvio que o cantor tem se evidenciado nos últimos tempos fazendo com esteja ainda mais nas paradas e presente em diversas premiações. Esse é um daqueles álbuns maravilhosos que você agradece por ter sido produzido.









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.