Aos corações partidos

Quantas vezes não deixamos de ser nós mesmas para agradar alguém? Quantas vezes não deixamos nossas vidas de lado para dar atenção aquela pessoa que amamos? Acho que o livro aborda uma questão muito interessante, sobre como nos sentimos quando nosso coração é partido. Quem nunca jurou nunca mais amar, nem se apaixonar, nem se envolver com ninguém depois de uma decepção amorosa? Quem nunca chingo um homem até a morte , e desejou que toda raça masculina fosse extinta da Terra? Eu já! E muitas vezes. Outra tema que o livro aborda, muitas vezes generalizamos os homens como uma escória ruim. Mas não se trata disso. Muitos aspectos do comportamento deles é feito baseado no nosso. Como assim? Vou ser um pouco mais clara . Se você está disposta a mudar por ele, e age como se fosse outra pessoa, ele se afasta. E ai você se pergunta por que já que está fazendo tudo para agrada-lo? Justamente por isso. 

Os homens não querem mulheres que sejam aquilo que eles querem. Querem mulheres que sejam autenticas, que se orgulhem de quem elas são, e ai que ele se fascinam. Confuso? Sim, os homens são. Mas quem disse que nós mulheres também não somos. Acho que no fundo eles procuram a mesma coisas que nós procuramos, alguém do qual possam se orgulhar, alguém que eles possam respeitar e principalmente alguém que seja forte o suficiente para viver uma vida com eles.Pareço especialista falando? Nada mais do que experiencia própria. Muitas vezes temos que deixar as coisas simplesmente acontecerem, desgarrar das coisas.
Como eu costumo dizer, o sofrimento vem de bônus em todo relacionamento amoroso e sem devolução. Sofrer é inevitável, faz parte do processo de crescimento e de amadurecimento. Mas por mais triste que seja é por meio dele que aprendemos as lições mais valiosas da vida. Isso sempre foi meio clichê  principalmente com relação a esse assunto, mas estando ou não com alguém podemos ser verdadeiramente felizes.

Homens são necessários pra nós? Sim, eles são. Mas devemos não deixar nossa felicidade depender deles. Quando uma mulher é feliz por si só, com ou sem um homem em sua vida torna-se muito mais bonita. Por que? Por que ela mostra que pode conviver sozinha e cuidar de si própria. Está com o coração partido? Afogue todas as mágoas, chore o quanto for necessários, se quiser chorar todo dia chore, até toda essa dor diminuir um pouco. Mas quando ela diminuir, reúna toda a força que você tem e vá a luta. Se prepare, faça um balanceamento de tudo, reflita. Bota um batom no rosto, se maquie e se prepare para vivenciar tudo denovo se for preciso. Cuide de você  desenvolva suas habilidades, faça algo que você gosta. Voce vai ver que concentrada na sua vida e se colocando em primeiro lugar as coisas vão ficar muito mais fáceis de se aguentar. E se na hora certa você estiver pronta, viva um novo amor. Simplesmente tente. 

Mas esteja atenta, tem pessoas que realmente irão quebrar seu coração mas isso não quer dizer que não exista pessoas que também fariam tudo para tirar um sorriso do seu rosto e apaixonar-se por você do jeitinho que é. Esse livro me fez pensar muito nessa questão, situação que eu já me vi envolvida em muitos momentos, e acho que com todas nós. Mas é ai que está  a grande lição. Nunca mudar por ninguém, sempre acreditar em si mesma. E se algum dia resolver mudar, mude por você própria, pro seu próprio bem. Afinal mudança nunca é ruim, mas ela só é boa quando fazemos isso por vontade própria buscando crescimento e ser um ser humano melhor. Então vamos a luta, por que a vida é uma guerra constante e o amor é um campo de batalha.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.