05 lições para aprender com Cidades de Papel

Tenho certeza de que todo mundo já ouviu falar do filme/livro que vou falar aqui nessa postagem. Cidades de Papel que não faz muito tempo saiu dos cinemas é o segundo livro adaptado do escritor John Green para as telonas, mas diferente de a Culpa é das Estrelas, esse filme e livro passam lições super bacanas sobre futuro, relacionamentos e amadurecimento. Cidades de papel é um filme bacana reflexivo e que te faz pensar sobre as pessoas ao seu redor e as escolhas que você durante os momentos que vive sua vida. Quer ver só? Separei 05 lições que podemos aprender com o filme.


Não idealize ninguém

Desde que viu Margo pela primeira vez, Quentin se encantou por ela. E alimentou um sentimento, uma ilusão e uma imagem da garota. Para ele, Margo era perfeita e mal compreendida.  Quando a garota sumiu, ele se convenceu que ela tinha deixado pistas para encontra-la e fez de tudo para que as mesmas apontassem pra isso. A ideia de idealizarmos alguém do nosso modo e nos frustramos no final por não ser aquilo que esperamos é bem mais comum do que pensamos. Quentin acabou notando que Margo não era tão enigmática, ou encantadora assim. Que talvez ela não fosse seu milagre nem nada tipo. Idealizar que a garota era seu par certo mesmo sem ser só fez com que ele visse pistas em todo lugar. Não deixe sua mente se enganar. Nunca idealize ninguém pelo que você acha. Tenha a certeza de que só conhecemos a pessoa em 50%do total mesmo se passarmos muito tempo com elas. Só a pessoa se conhece 100%. Se você idealiza, logo se frustra por suas percepções não batem com a realidade. Mantenha sua cabeça no presente e não viaje com as fantasias.  Se esperamos algo de alguém e essa pessoa não corresponde não é inteiramente culpa dela. Esperar algo de alguém que nem sabe que você estava esperando aquilo causa frustração e é claro decepção. Viva a realidade e o que você vê diante de você. 


Não confunda seus sentimentos

Como são amigos desde pequenos, Quentin e Margo desenvolveram um tipo de afeição. Quando a garota mudou com ele, e não ficou tão próxima Quentin ainda estava convencido de que ela era sua paixão. Mas para Margo as coisas nem foram assim. Temos que tocar muito cuidado com as ilusões e com paixões que achamos que vai dar certo e só não são destinadas para a gente. Quentin perdeu tempo fascinado por uma garota que nunca o viu daquela forma. Tomar cuidado em definir o que se está sentindo, não confundir seu coração e principalmente saber o que a outra pessoa sente é uma das coisas pra se analisar. Não dá pra gostar de alguém que nunca verá você com os mesmos olhos. Cuidado ao misturar as sensações.


Valorize o agora

Nunca se esqueça que os momentos da sua vida de agora estão acontecendo e que eles não vão se repetir. Não existe nenhum botão de replay que possamos apertar para sentir as coisas como são sentidas no momento. Aproveite todos os momentos, sorrisos, besteiras,conversas e tudo aquilo que achar valioso na sua vida e que está acontecendo agora. Não se deixe fechar os olhos e deixar passar oportunidades que poderiam ser marcantes na sua vida por causa de ilusões. Você merece viver cada momento agora para se lembrar depois deles com um sorriso no rosto.


Algumas pessoas são de papel

Algumas pessoas passam pela nossa vida sem significar tanto como achamos que elas podem significar. Muitas delas não ligam para a abrangência de coisas,sensações e sentimentos que estão ai para serem descobertos. Muitas delas passam pela vida conformadas sem ir atrás do que querem ou tentar realizar seus sonhos. Não seja alguém de papel, sem valores ou emoções que o vento pode levar. Realize seus sonhos ou ao menos parte deles. Há pessoas que passarão pela sua vida superficialmente e não deixarão marca nenhuma. Mas que deixarem marca farão você se lembrar dos melhores momentos.


Arrisque em suas escolhas

Seguir as regras, viver uma vida previsível nem sempre é a chave da felicidade. Não estou falando pra você virar algum tipo de rebelde e se rebelar contras as regras da sociedade e sim para não se limitar nem se impor tanto. Fuja da rotina, faço algo que nunca fez antes mesmo que possa parecer uma completa loucura em sua mente. Embarque em novas experiências, experimente coisas novas e aproveite todos os momentos que a vida te proporcionar. As vezes precisamos arriscar sem saber o que vai acontecer. E não saber o resultado torna tudo ainda mais emocionante, quem disse mesmo que algo na vida é certo?




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.