Resenha de livro: O amor mora ao lado


Livro: O Amor Mora ao Lado
Autora: Debbie Macomber
Número de páginas: 160
Editora: Novo Conceito 

Ano de lançamento: 2013

Desde que a Novo Conceito anunciou o lançamento desse livro e consequentemente lançou o book trailer vamos dizer que eu já fiquei ansiosa para tê-lo em minha coleção. Após consegui-lo comprar por um preço super acessível lá fui eu embarcar em uma história que tinha tudo para ser daquelas bem morninhas. E não foi que eu acertei? 

O livro é super curto, e os capítulos também então você praticamente devora o livro em questão de horas ou dias. Eu poderia dizer que a história não tem nada de surpreendente? Sim, é isso mesmo. É uma história bobinha, mas sabe aquela história boba super fofa que cativa? E a autora conseguiu criar uma história em que os personagens se conhecem por meio de seus gatinhos o que tornou tudo muito mais interessante. Os diálogos entre os personagens são super envolventes e bem construídos, irônicos na medida certa. Fiquei fascinada e admiro autoras que conseguem construir uma boa história que seja curta e não fique tão boba e sem sentido sabe? Mas tem um certo ponto do livro que eu senti as coisas ficando apressadas demais, como se a autora quisesse dar um rumo logo aquilo, a personagem tem que se apaixonar, aconteceu, se relacionou e tal. Lacey a personagem principal saiu de um divórcio terrível após descobrir que seu ex-marido a traía. Sempre ouvindo seu vizinho discutir com uma mulher, que ela até então achava que era a namorada dele, Lacey estava disposta a não deixá-lo se aproximar. 


Até que o gato dele, engravida sua gata e tudo muda. E Lacey descobre que a garota que sempre grita com seu vizinho é na verdade sua irmã.Apesar de ter uma boa história ai, digamos e repito fofa e simples, eu acho que do meio pro final as coisas ficaram apressadas, quando Jack conta que vai ter que se mudar por causa do trabalho, as coisa então parecem se apressar ainda mais. Lacey se vê decepcionada, namora termina, de repente ela se muda. Nossa, como que isso acontece? você pensa. É uma leitura recorrente, agradável em certo ponto de vista e tem um lado otimista, mas tem certos pontos pecando. Amor ao lado, agrada é fofo, leve e simples mas muito forçado em alguns pontos por ser uma história curta em que tudo tem que acontecer logo, o que impede que as coisas se desenvolvam mais. De resto, a história tem seus pontos a favor, e muito a te agradar. Recomendado, ponto a favor para esses lindos gatinhos que unem o casal.




Sinopse - O Amor Mora Ao Lado - A vida também nos reserva boas surpresas - Debbie Macomber

Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...





Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Ainda não li, mas já vi muitas resenhas sobre o mesmo e comentários positivos!
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma fofura o livro!
    Primeira vez que leio uma resenha!!
    Adoreii!
    Bjos!

    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  3. Confesso que ainda não tinha ouvido falar nele ainda, mas fiquei com uma curiosidade e tanta pra saber o que acontece no final dele.
    Achei a história fofa. Quero ler.

    Stefany Alcarde,
    http://www.stefanyeponto.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.