5 coisas que aprendi com os homens

Essa postagem aqui já é um pouco mais pessoal. Há um tempinho eu estava querendo falar sobre isso. Pra quem não sabe, eu vira e mexe escrevo contos masculinos aqui no blog. Inclusive no meu livro "Palavras Apaixonadas tem contos masculinos e muitas leitoras adoraram. Meu segundo livro " Escrevendo Nossa História" que vai ser um romance também tem isso, já que a história vai ser narrada por dois personagens uma menina e um menino. Muitas pessoas me perguntam, como você escreve do outro lado da moeda? Conversando com homens. Simples assim gente. Normalmente em conversas que escuto com amigos, namorados de amigas, ficantes e por ai vai. Inclusive quando eu tenho que perguntar algo pra ter noção um pouquinho de como eles pensam já tenho pessoas específicas ( risos)que eu encho de perguntas. Acontece que nesse meio tempo de sofrimento, envolvimento e tudo mais eu acabei aprendendo bastante coisa e absorvendo muita coisa. Não só da minha vida e das coisas ao redor como de textos, vídeos e outros. Estou aqui então nessa postagem pra listar 5 coisas( são só 5 mas aprendi mais que isso rsrs) que aprendi com os homens que podemos levar como aprendizado nos relacionamentos. Seres que parecem ser de outro mundo ( eu sei, acreditem) mas que também querem assim como nós serem compreendidos. Chega de falação e vamos ao ponto.




Ser você mesma

Esse aqui é super verdade. Não tem nada mais que decepcione ou irrite um homem quando você se força a ser alguém que não é somente para agradá-lo. Já sei o que vocês vão me dizer. Mas Cyh, eu quero que ele goste de mim, que mal tem nisso? O problema é que não sendo você mesma e fazendo coisas somente para agradar você acaba perdendo sua autenticidade e também sua personalidade. E vamos cair na real ninguém gosta de uma pessoa que está fazendo algo somente para agradar o outro não é mesmo? Então ser você mesma é um ponto crucial que aprendi. Seja quem você é todos os dias, se ele não gostar? Azar o dele. Acredite, melhor descobrir cedo que vocês não combinam do que tarde e depois ser infeliz.





Ter opinião própria

Juro pra vocês que isso foi uma das coisas que eu mais ouvi nesse meio tempo. Alguns amigos já me disseram que não curtiram a garota por que ela não tinha opinião própria. Tudo o homem tinha que decidir, falar e etc. Mas como assim Cyh?  Calma, eu explico. Se ele ou alguém te pergunta algo como gosta disso? Prefere isso ou isso? O que você acha? uma grande porcentagem de mulheres vem com aquela frase " Ah, o que você preferir" ou " Você decide"ou " O que você escolher pra mim está bom". Algumas pessoas engolem isso por algumas vezes, mas depois começa a pegar muito mal. Então se você não gosta de tal coisa fale, se você quer fazer ou comer em tal lugar fale. Não reprima o que você pensa. Eu mesma sou muito indecisa e sou péssima pra escolher nessas situações ( já que muitos homens são mais indecisos que nós) mas sempre tento pensar em algo e me impor. Não dá pra deixar tudo na mão dele. Mas e se ele não gostar de mim? Ai vou ser bem direta, dane-se. Sinceramente o que menos temos que nos importar é com o que eles vão achar. Acreditem piramos muita nessa neura a toa.




Atitude conta muito

Yes. É isso mesmo que você está pensando. Mas calma, não estou falando pra você ser atirada e sim ter atitude. Não deixar a situação somente na mão do outro, mas também contribuir. É uma via de mão dupla, seja em um relacionamento, em uma amizade. Não adianta só a pessoa fazer coisas bacanas se você não retribui. Então tenha atitude, surpreenda. A maioria dos caras adora mulheres que sabem o que querem e que tem atitude pra correr atrás e fazer as coisas acontecerem.




Não pensar somente em suas necessidades

Sim, sim, sim. Eu sei que é tudo complicado. Nós queremos flores, bombons, gestos românticos. Queremos que eles digam coisas fofas e daqui a pouco queremos que ele seja mais safado. Pois é, só que aqui o lance não é só pensar em si, e sim também no outro. Querendo ou não os homens tem necessidades e também gostam de coisas específicas. Saber entender e pensar um pouquinho como ele ajuda muito. Acredite em mim. Ah mas Cyh homem merece sofrer. Eu sei, também pensei muito isso. Mas não podemos generalizar por decepções ou sofrimento. 




Saber escutar e conversar

Sim, tem que ter muita e muita conversa. Já ouvi muito de amigos que namoram que depois de um certo tempo a namorada não escuta o que ele tem a dizer e isso é péssimo. Saber conversar e escutar é mais uma das coisas essenciais não só pra relacionamentos como pra qualquer outra situação com uma pessoa diferente. Lembre-se que a pessoa não tem só que te ouvir e consolar, mas você também tem que fazer isso. É a tal da reciprocidade que anda de mãos dadas com o que falei ali em cima de não pensar somente nas suas necessidades. Que tal ouvir um pouquinho e tentar ajudar? Tenha a mente aberta e realmente tente arduamente se colocar no lugar da outra pessoa. Isso ajuda muito, eu pelo menos tento pensar como homem a maioria do tempo, apesar de ainda ter muitas questões não respondidas e de não entender muita coisa já me ajuda muito em muitas questões.




Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. ótimo, e me identifiquei com você, pois também me perguntam como eu posso ver o lado dos homens em tudo. kkk
    Simples fui criada com muitos deles ao meu redór, e só não acho que nasci do sexo errado porque gosto de homens kkk

    Beijão, www.desapegaadrii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ter opinião própria: a minha frase preferida é "pode ser". Sou muito tapada quando se trata de escolher algo. Mas isso não quer dizer que eu não saiba defender o meu ponto de vista, é claro. Finchel, awn. Tem fotos melhores deles HAHA. Mas eu não concordo sobre toda garota querer um garoto que fique safado depois de um tempo. E sobre as necessidades deles? Oi? Então pra um garoto ficar comigo eu tenho que pagar com sexo? Sério? Não. Talvez não seja isso que você tenha querido dizer, mas é o que me pareceu. Acho que, quando há respeito, há um equilíbrio no relacionamento e ninguém precisa "aprender a ceder" só pra agradar o outro. Esse tópico meio que contradiz o tópico sobre "ser você mesma". Aliás, eu odeio essas regras idiotas que as pessoas nos impõem sobre relacionamentos. Cada casal tem que conversar primeiro para estabelecer o que pretendem e querem, não precisam ficar de "ai, não posso isso, porque me falaram que não pode", entende? São apenas rótulos medíocres que a sociedade ainda nos impõe e, infelizmente, algumas pessoas ainda os reproduz.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.