Papo Sério: Erros mais comuns em Entrevistas

Quem acompanha o blog, deve ter visto provavelmente a outra postagem que fiz sobre a nova Categoria do blog Papo Sério em que citei alguns erros comuns quando elaboramos o currículo. Dessa vez, eu trouxe outro papo bem importante. Depois de o currículo ser aprovado pelo recrutador ou pela empresa normalmente uma entrevista é marcada. E ai que está também muitos erros comuns que acontecem. Quando estamos cara a cara com o recrutador e outras pessoas podemos cometer alguns erros que causam má impressão e a eliminação também. Então fique ligada nessas dicas e absorva tudo para se dar bem na entrevista do emprego que você deseja muito.



Atrasos: Esse tópico é bem óbvio. Pega muito mal chegar atrasado. Aos olhos do recrutador você pode parecer irresponsável por não chegar no horário estabelecido. Além de te deixar fora do que está acontecendo, o normal é chegar um pouco antes do horário e não muito em cima da hora. 

Vestimenta: Não é necessário uma roupa de grife, paletó, gravata e sapato caro, mas é indispensável uma roupa apresentável e adequada para a ocasião. Roupas informais e relaxadas demais dão uma impressão de desleixo.

Despreparo: Não saber nada da empresa, nem da vaga que está se candidatando é totalmente fora de questão. Há casos de candidatos que inventam, firulam e até erram o nome da empresa. Dar uma pesquisada na internet sobre o que a empresa faz, qual seu objetivo, serviços e outros itens é essencial até para se preparar na hora de uma pergunta relacionada. Não é necessário saber tudo mas ter ao menos uma noção.

Falar demais ou falar pouco: Quando o entrevistador pergunta algo ele quer que você seja objetivo. Nem fale demais nem pouco, fale o necessário e o que for perguntado. Falar demais cansa assim como falar pouco deixa perguntas e dúvidas no ar.

Falar mal da empresa anterior: Nem pensar. As vezes por erro e sem perceber mesmo acabam soltando que o chefe era chato e que a empresa era ruim. Nem pense nisso. Se a empresa foi ruim pra você, pondere as palavras e fale no que ela contribuiu.


Interesse só pelo salário: Muitos candidatos não se aguentam e já logo querem saber quanto vão receber e os benefícios antes de perceber se tem mesmo interesse pela vaga. Espere a hora em que o recrutador tocará no assunto para que possa saber desse item. 

Ser simpático demais: Nunca tente causar uma gracinha ou descontrair o ambiente sendo engraçado ou desinibido. Normalmente isso não pega bem e cai com mal olhos a quem está selecionando. Ser contido e ter uma postura séria e desenvolta é o melhor caminho.


Erros gerais mais comuns:

Parecer desinteressado ou estar ali somente por estar e não demonstra vontade.
Arrogância: Falar demais e se gabar demais sobre as coisas.
Atender o celular ou mexer nele durante a entrevista: Dá a impressão que você não está dando a mínima.
Deixar de fazer contato com os olhos, não sorrir e fechar a cara.
Cruzar os braços sobre o peito ou brincar com algo que esteja ao seu alcance não prestando atenção no que é dito durante o processo. 

Não ter perspectiva: Ou seja não saber responder perguntas sobre si mesmo, como aquela típica pergunta " Como você se vê daqui a cinco anos?". Tome coragem e diga seus planos em vista de quem você é, não ter objetivos ou dizer que não pensou nisso ainda é mostrar que não tem objetivos e acomodado, e dificilmente uma empresa vai gostar de alguém que não quer sair do lugar.


Não banque o ator/atriz: Não adianta se gabar sobre ser isso ou aquilo Uma coisa que eu ouvi muito em uma empresa que estive é que as pessoas falam demais na entrevista e se gabam de que podem fazer tudo e de que são boas, mas quando começam a colocar na prática é bem diferente. Não seja aquilo que você não é, seja apenas o que você sempre foi.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.