Eu assisti: O melhor de Mim


Filme: O melhor de Mim
Título Original : The Best of Me
Lançamento: Outubro de 2014
Gênero: Romance, Drama
Nota: 4 de 5

Mais um filme romântico, dramático do tio Nicholas que tem o dom de trazer o clichê enredo de desenvolver histórias de amor mas de uma forma diferente. Pra quem não sabe( ou nunca ouviu falar) esse filme é baseado em um livro do autor Nicholas Sparks de mesmo nome. Confesso que enrolei muito para assistir esse filme já que tinha lido por ai algumas críticas mistas e o livro não tinha me impressionado logo de cara na sinopse. Enfim em um dia topei de verdade e assisti tudo. Não sei se esse filme me pegou em um dia emocional e me fez chorar mais do que devia mas o fato é que eu derrubei lágrimas. Lágrimas, não. Meu rosto ficou todo molhado de lágrimas. O filme tem toda aquela atmosfera de quem já conhece os filmes do Nicholas já que o autor acompanha as filmagens e produz seus próprios filmes. Quando comecei a assisitir O Melhor de Mim muitas vezes me lembrei de O diário de uma Paixão e de cenas de outros romances do Nicholas. Como já disse nas resenhas de outros filmes do Nicholas, o meu preferido é Um Porto Seguro. 




 O enredo aborda a história do casal Amanda e Dawson que começam a história já mais velhos e se reencontram devido ao funeral de um amigo em comum. No momento que se encontram, apesar de negarem as lembranças que se forçam a vir, os dois começam a lembrar do passado e de como se conheceram. Amanda conhece Dawson ainda adolescente e eles vivem um amor típico pra ser inesquecível. Com o passar do tempo e por serem de mundos diferentes eles acabam se afastando. Amanda se casa com outro cara que mal dá atenção a ela e tem um filho enquanto Dawson ainda continua solteiro. Mesmo negando os dois se envolvem novamente sem saber que suas vidas estão ligadas de uma maneira mais forte que o passado. O enredo não é muito surpreendente como eu citei, mas todas  as cenas romanticas do filmes são dignas de se ver e fofas. O drama também está presente e tudo corre de forma bem morna. Não é um daqueles filmes espetaculares mas posso dizer que o final me surpreendeu muito pelo rumo que a história tomou. Afinal, na maioria dos filmes do Nicholas alguém morre. Spoiler alerta! Não vou dizer quem morre, mas essa parte realmente ataca os corações sensíveis. Eu chorei pra caramba e recomendo muito. Pra quem já está acostumado com romances dramáticos e fofos esse daqui tem que entrar pra lista. É obrigatório. Recomendo. Se você conferir o que achei do filme mais recente do Nicholas " Uma Longa Jornada" só clicar no menu suspenso do blog na categoria Filmes.




Adolescentes, Amanda (Liana Liberato) e Dawson (Luke Bracey) se apaixonam. O pai da garota não aprova o relacionamento e, com o passar do tempo, os jovens acabam se afastando e tomando rumos diferentes. Duas décadas mais tarde um funeral faz com que os dois (Michelle Monaghan e James Marsden) voltem à cidade natal e se reencontrem. É o momento de ver se os sentimentos persistem e avaliar as decisões que tomaram na vida.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.