5 lições para aprender com Sheldon Cooper

Quem me acompanha um tempinho no blog vai saber que eu simplesmente AMO a série The Big Bang Theory . É a única série que consegue me animar e arrancar risadas em dias realmente tristes. Pra quem não sabe já rolou uma indicação aqui em que dei 5 motivos para assistir e amar a série. Pois bem, nessa postagem eu vou falar do personagem principal e um dos mais excentricos : Sheldon Cooper. Siiiiim! Bazinga! Apesar de ser peculiar no seu jeito de compreender alguns aspectos humanos, não entender sarcasmo ou não sentir a necessidade de se envolver com  ninguém o personagem da série além de conquistar dá umas lições implicitas bem importantes mesmo não sendo considerad" uma pessoa normal". A prova disso é essa postagem em que eu reúni 5 lições que podemos aprender com esse personagem estranho mas amado. JIM FOREVER!



Neste mundo ninguém é esquisito


Você deve estar se perguntando mas e o Sheldon? Sim, ele até se encaixa na categoria de esquistios  por tem características próprias, mas no mundo nerd que ele vive ele é normal até com suas peculiaridades. O que temos que ter noção é que tem gosto pra tudo nesse mundo, TUDO mesmo. Se você não gosta de outro por seus gostos ou seu estilo já está errado. Todo mundo tem direito de gostar do que quiser e ser respeitado. Assim como respeitar o próximo. Sheldon aos olhos das outras pessoas pode ser esquisito mas aos olhos dos amigos ele é o irritante nerd com peculiaridades que no fundo todos gostam. Lição aprendida: Ninguém é esquisito, somo apenas diferentes.



Você não precisa de outra pessoa pra ser totalmente feliz

A questão que gera mais entretenimento na série é o fato de Sheldon não se interessar por ter uma relação afetiva com nenhum ser de sexo oposto. Mesmo com essa peculiaridade não podemos perceber que isso é uma lição? Afinal, ele está sozinho não tem ninguém do seu lado na vida amorosa mas está feliz com seu trabalho, família e amigos. É bom se apaixonar, ter outra pessoa em que você possa confiar ou repartir coisas porém precisa se encontrar a felicidade sozinho pra ter felicidade com outra pessoa. Fora que quem disse mesmo que você precisa ser infeliz porque está sozinha? Sua felicidade depende de você.



Não sofra pelo que não valhe a pena

Ok admito essa aqui é complicada até pra mim que já sofri por coisas que não valiam a pena. Já temos sofrimento demais no mundo, coisas que nos machucam e machucam pessoas ao nosso redor e não precisamos de sofrimentos bonus para adicionar a tudo isso. Então de vez em quando use seu lado racional e respire fundo. Certa coisas não merecem nossa atenção nem nosso sofrimento. O Sheldon quer passar a imagem de que não se afeta por nada, mas por um lado ele está certo. Sofrer pelo que não vale é errado.



Aumente sua visão de aprendizado

Sheldon se concentra muito em seu trabalho e devido sua genialidade se formou rápido tanto na faculdade como na escola.  Se tem uma coisa que Sheldon faz bem é aumentar seu conhecimento e se manter atualizado sobre as coisas que acontecem. Se tem uma coisa que se pode aprender e que mesmo passando quanto tempo for, nós nunca vamos aprender tudo na vida sempre haverá algo que não nos ensinaram ainda e devemos ter a mente aberta. Afinal, aprendizado  só faz bem e aumenta sua visão sobre as coisas. Não se limite.



Permita-se sentir todas as emoções possíveis

Apesar de se limitar com contato humano e ser feliz sozinho, nem mesmo o Sheldon escapou disso. Não dá pra fugir de certas coisas. Então não se limite a sentir novas sensações por medo de sofrer ou por qualquer outro motivo. Sentir as emoções faz com que a vida fique um pouco mais vívida mesmo que a gente tente evitá-las. Permita-se sentir porque no final não dá pra fugir dessas emoções.



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.