Indicação de filme: Carrie,a Estranha


Já tinha assistido uma das versões antigas de Carrie e tinha adorado. E quando vi que haviam anunciado a nova versão em 2013 pensei comigo que simplesmente tinha que assistir. Pois bem, não consegui assisti-lo no cinema, e tive que me contentar na internet mesmo. Primeiramente vou dizer que todo enredo me pareceu bom, uma atmosfera toda diferente do que foi apresentado nas outras versões. A história gira em torno de Carrie, que é filha de uma fanática religiosa que não suporta nada e tem problemas mentais. Carrie não se adapta a escola, é humilhada pelos colegas e pelas meninas mais populares. Ao longo da trama ela descobre ter poderes telepáticos que permitem que ela movimente objetos. Com isso, Carrie acha uma maneira de se defender.

Até que Tommy um garoto que sempre gostou, a convida pro baile. Carrie aceita, mas mal sabe o que a espera nesse baile. Esse novo filme de 2013 traz uma garota bonita na pele de Carrie, o que achei que não convenceu muito pois Carrie já era estranha por si mesma. O papel de coitadinha também não caiu bem, a mãe da Carrie foi a que mais me convenceu.  Nesse filme, Carrie não tem medo de seus poderes e sabe muito o que está fazendo. Ela só me pareceu muito mais assustadora na cena do baile, e até gostei de como terminava. O que posso dizer é que esse filme traz um foco diferente, mas ainda prefiro o antigo. Não é tão ruim como falam, mas não é o melhor das versões. Ainda assim, assistam e  aproveitam para ler o livro no qual o filme é baseado.Vale a pena.





Carrie retrata um grande desastre ocorrido na cidade americana de Chamberlain, Maine, destruída pela jovem Carietta White. Nos anos anteriores à tragédia, a adolescente foi oprimida pela sua mãe, Margaret, uma fanática religiosa. Além dos maus tratos em casa, Carrie também sofria com o abuso dos colegas de escola, que nunca compreenderam sua aparência, nem seu comportamento. Um dia, quando a jovem menstrua pela primeira, ela se desespera e acredita esta morrendo, por nunca ter conversado sobre o tema em casa. Mais uma vez, ela é ridicularizada pelas garotas do colégio. Aos poucos, ela descobre que possui estranhos poderes telecinéticos, que se manifestam durante sua festa de formatura, quando os jovens mais populares da escola humilham Carrie diante de todos.




Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Assisti a primeira versão e gostei, mas essa é muito amor <3

    Ameei o post Cyh! beeeijos

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita vontade de ver esse filme, mas tenho medo até dessa versão mais "light" hahaha

    ResponderExcluir
  3. Não senti medo mas, eu adorei ele muito ! *-*

    http://www.laizfonseca.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.