Intensamente dependente

Deixei meu coração cair, e deveria ter me esforçado mais para que isso não acontecesse. Enquanto ele caía, você se ergueu para reivindica-lo, como se quisesse levar ele contigo. Desculpe, não posso permitir isso. Está escuro e já estou em pedaços. Como vou confiar no que você fará com meu pobre coração? Então você me beijou e eu senti um pingo da salvação cair sobre mim. Minha cabeça era forte, mas meus joelhos fracos demais. Não pude permanecer em pé sem cair lentamente na sua frente. Há um tipo de chama acendendo do meu coração, sei que ele está encolhido pois tem medo de se queimar. Queimadura de amor demora pra curar, demora pra parar de doer. Sei disso, porque as cicatrizes antigas ainda estão aqui para me lembrar. Então você tomou conta de mim e me tirou da escuridão. Onde eu estaria agora se você não tivesse me resgatado? Como eu estaria se você não pegasse em minha mão e beijasse minha testa? Nós podemos nos amar incondicionalmente, podemos ter tudo.



Não destrua antes o que podemos construir agora, eu assisti você tirar todas as minhas defesas enquanto tocava meu rosto. Tudo desmoronava enquanto eu chorava, e gritava seu nome. Quando você me puxava para seu colo, eu poderia permanecer lá para sempre, fechando os olhos e imaginando meu mundo perfeito inalando seu cheiro. Você e eu juntos juro que não há nada melhor, juro que não há nada que eu queira mais. As vezes eu acordo no meio da noite, assustada e noto que meu coração está inquieto, ansioso para voltar pra você. Não posso evitar ficar te procurando em madrugadas, em horas que não estou contigo. Eu meio que odeio aparecer do nada, sem convite como intrusa. Mas isso foi exatamente o que você fez comigo, chegou sem pedir permissão, sem nem ao menos se explicar, dizer o que estava acontecendo sabe? Não pude evitar e não pude manter as grades que me protegiam.

Então olhei pra seu rosto e parecia que eu te conhecia desde sempre. Não importa eu não vou encontrar alguém como você, melhor admitir isso logo pra mim. As vezes o amor machuca mas de uma forma estranha. O tempo voa , e essa tem sido a melhor época de minha vida. Nada se compara, não se preocupe e não se importe com que o que não sabemos que pode acontecer. Apenas segure a minha mão enquanto eu estiver no chão. Saudade e crescimento são as lembranças de tudo que tivemos, quem poderia adivinhar o gosto maravilhoso que é? Sou alguém feita de coisas melhores quando estou contigo, sinto a salvação me alcançando, sinto a felicidade que explode no peito. Não me culpe por depender tanto de você, desse sentimento, de nós. Eu esperei tanto por isso, que uma lágrima sempre cai ao lembrar toda noite com a cabeça no travesseiro. Mas então seu sorriso aparece, e me lembro de que ele é a luz que cura um pouquinho por vez do meu coração cheio de machucados.
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Achei muito bonitinho, mas acho que essa coisa de ser dependente demais é meio que bobo e doentio. Ninguém quer ser dependente de ninguém, acho. É claro que é um amor ser dependente de alguém na teoria, mas acho que na prática isso acaba com um relacionamento, alguém sempre vai se achar preso, enquanto a outra parte não sabe fazer nada sem a outra pessoa, o que acaba se tornando um saco. Acho que todo mundo gosta da própria independência. E, awn, eu adorava o Dan com a Serena, quando assistia, apesar dos milhões de empecilhos!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.