Com os olhos abertos

Estou bem acordada agora, mas meus olhos estiveram fechados durante muito tempo. Será que eu perdi muita coisa? Não é porque eu não enxergava aquilo que estava a minha frente, é aquela coisa de simplesmente não querer acreditar. Eu estou no escuro agora, e sinto como se estivesse caindo rapidamente. Meu coração está aberto, e eu só sei que não quero assisti-lo se machucar novamente. Quero ficar acordada, e ver as coisas claramente. Agora percebo que tudo que se vê nem sempre é o que parece. Como pude sonhar tão alto? Sim, eu estive sonhando por muito tempo e agora a realidade me mostra que nada é como nos nossos sonhos.

Queria saber naquele momento, o que eu sei agora. Queria poder dizer que eu saberia como agir em todos os momentos que me senti perdida. Eu não mergulharia  de cabeça, eu não me curvaria pra ninguém e nem me envolveria. Eu protegeria meu coração com unhas e dentes. A realidade realmente machuca cruelmente. Você tornou tudo isso tão doce, que de fininho contornou todas as defesas que eu criei. Eu confiei no que não podia enxergar, me entreguei a um sentimento. Até que acordei no concreto, e com meu coração em pedaços. Eu subi devagar contigo até a nuvem mais alta. Eu tive medo, mas você pegou em minha mão e disse que tudo ficaria certo. O que sentíamos era a nuvem que nos mantinha no alto, e agora estou caindo da nuvem mais alta.


Você desfez nosso sentimento como se nunca tivesse havido um. Estou desmoronando desde o topo, abandonando tudo agora. Preciso me manter acordada, preciso me manter firme mesmo que as lágrimas queiram cair. Mesmo que a dor queira me consumir, mesmo que eu lembre de cada momento ridículo e maravilhoso ao seu lado. Pra que doer tanto? Juntei cada pedacinho que você quebrou de mim, e estou aqui de pé. Não sei bem como, mas estou aqui. Não vou precisar mais de você para me completar, é como se tivesse nascido novamente. Vou para fora,  não tenho que fugir.  É tarde demais pra nós, a história acabou agora é o fim.

Trovões roncando, barulho na janela, ventania lá fora, minhas defesas reunindo, vou deixar a mágoa e a dor me consumir. Estou tentando aguentar firme, eu vou tentar ver o lado positivo. Não sou mais cega. Estou abandonando o que vivemos, deixando tudo pra trás. Aconteceu de repente, você se foi depois de tanto tempo do meu lado. Agora eu tenho que me manter aqui, e sei que vou continuar de alguma forma. Vou aguentar firme, e estarei pronta novamente alguma hora. Bem acordada, e bem mais preparada.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.