A marca que você deixou

Eu só precisava achar um tempinho no meio dessa confusão para poder respirar calmamente. Para poder pensar pra onde estou indo. Pra pensar melhor nas coisas que vem acontecendo. Preciso começar a aprender a ler nas entrelinhas a minha volta, caso eu precise quando estiver mais velha. Há certos momentos da minha vida que só existem sofrimento e dor. E eu só não sei se posso aguentar isso se vier de novo. Eu não posso parar agora, não posso conter as lágrimas.

 Já fui longe demais. Eu não falei sério quando disse que não gostava tanto assim de você. Eu devia ter feito algo, te agarrado fortemente e não ter te deixado ir. Você se foi, sumiu. Eu não sabia de nada, fui estúpida e burra. Eu estava mentindo pra mim mesma quando dizia que você não me envolveria. Eu só não queria imaginar como seria ficar sem sua presença, sem suas palavras. 


Agora estou aqui, sentada sozinha porque conclui que eu não me conhecia. Eu não te conhecia o suficiente. Eu achei que sabia o que estava fazendo, que tinha o controle em minhas mãos. Eu nunca senti o que estou sentindo agora. Eu perdi uma parte de mim quando você sumiu, porque você levou parte dela contigo. É tão difícil acreditar? Eu acreditei que pertencíamos um ao outro. Em quem vou me apoiar quando as coisas estiverem mal? Quem vai conversar comigo no telefone quando eu quiser chorar?

Eu queria sentir novamente o amor, e queria que você me mostrasse como era.  Não consigo dormir e sei que é porque você está rondando em minha mente. Está tocando aquela canção na rádio, e elas trazem todas aquelas lembranças que me torturam e fazem de mim a pior refém. Espere um pouco, isso é profundo demais. Preciso trocar a faixa, então eu aperto o botão e ouço " Sinto sua falta" e isso me magoa. 

Eu tento me conter, mas sei que estou desmoronando cada vez mais. Cada parte de mim está se desfazendo em mil pedacinhos. Estou arremessando coisas, chorando e tentando descobrir onde eu errei. É aquele tipo de jogo de quantos erros? Porque eu não consigo encontrar nenhum. Te dei tudo que eu tinha de melhor. A dor refletida nesta música não é nem a metade do que estou sentindo no momento. Eu sei que em algum momento eu te queria de volta na minha vida. Eu quis muito.

 Mas você só me deixou com a dor, e nem me disse como lidar com ela. Sem despedidas, frio como gelo.  Detalhes não importam muito agora, acho que nós dois pagamos o preço. Mais algumas lágrimas em meus olhos, as vezes tem que ser assim. Agora sempre que te vejo, finjo que estou bem e tudo que eu mais queria era tocar. Tenho que deixar pra lá, os carinhos ficaram no passado. Sei que por mais que tenha doído, isso ficará no meu coração para sempre. A dor deixa cicatrizes que lembram do bom e do mau. E você com certeza deixou sua marca.
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Nossa deu vontade de chorar! Adorei! Parabéns! :D
    http://saracavalcantes2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu me emocionei aqui, sou mega chorona, amei o post!
    http://menina--estilosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ester :) fico feliz que tenha te tocado de alguma forma

      beijos

      Excluir
  3. Conseguiu me emocionar e fazer me lembrar de um amor do passado,hoje sinto falta mais foi melhor assim,as marcas que as pessoas deixam são fortes demais...Ainda mais quando existiu um sentimento chamado amor.
    http://fulanadiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que booom josiane, meus textos tem o intuito de tocar as pessoas

      beijos

      Excluir
  4. Respostas
    1. Ah Carol que bom que gostou ..fico feliz beijocas

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.