Vulnerável a você

Senti o calor do fogo. Peguei o frio da chuva. Esse amor me deixou indefesa, apenas com meu nome. Olhei para o chão e lá estava meu coração. Apanhei-o de lá, olhei para o céu e prometi nunca mais deixar alguém me fazer sentir desse jeito. Porém, você olhou pra mim. E apenas um sorriso seu fez com que eu derrubasse todas as minhas defesas. Defesas que eu vinha construindo há muito tempo. Defesas as quais criei para que pudesse ficar segura. Sei que devo confessar e dizer a verdade. Você me deixou completamente aberta. A ferida ainda dói. Sinto o quanto me incomoda. Como pode me deixar tão quebrada? Você simplesmente acha que até agora já vimos de tudo? Achei que meu coração podia ser indestrutível. Seu toque torna tudo impossível pra mim. Porque por baixo de tudo, dessa pele e de todo esse sentimento eu sou vulnerável. Pensei em mim como uma daquelas lutadoras. Sobrevivente do amor. Forte o bastante para manter o meu amor longe, longe o bastante para que não me quebrasse novamente. Você tirou minha atenção.Pos seu nome em minhas paredes. Estava cercada. Eu sabia disso. Mas tentei tanto fugir. Não conseguia achar uma saída. Estava atrasada. Você simplesmente me envolveu enquanto eu rezava para que não me machucasse de jeito nenhum. Joguei limpo. Mas será que você fez o mesmo?  Estou caindo por essa manhã.


Você era pra mim , a coisa mais perigosa de todas. Pedi para você cuidar de mim. Pedi para não me decepcionar. Mas isso realmente não aconteceu. Agora estou aqui em pedaços. Eles ficaram ao longo desse caminho. Então eu finalmente encontrei forças e as reuni. Estou voltando agora e reunindo todos esses pedaços. Mesmo que os coloque em seus devidos lugares. Será que poderei ser a mesma? Aquela que eu era e que você levou embora? Armei minhas defesas. Elas eram boas. Eu nunca quis me apaixonar. Não queria ser parte disso. Dessa bagunça terrível que só machuca. Nunca tinha saído da linha com alguém. Nunca tive problemas para superar certas coisas. Mas quando se trata de você eu nunca sou boa o suficiente. Me torno fraca, nunca podendo resistir. Você me faz esplandecer, brilhar de uma forma intensa. Mas eu encubro, não posso transparecer. Isso com certeza seria minha perdição. 7

Por debaixo de toda a minha luz. De toda essa força sou completamente vulnerável sei que você sabe disso. Sei que as coisas nem sempre são do mesmo jeito. Estou tentando voltar aos eixos como se nunca tivesse sido machucada. Você me colou pra fora, e naquele momento eu tive medo. Eu paraliso. E ai grito pra mim mesma, dizendo que posso ser eu. Mas dá tudo errado. Um grito de socorro. Isso não ajuda. Traz mais problemas do que vale a pena. Suspiro ao ar. É bom, mas sabe que isso dói. E muito. Esses sentimentos se perderam em meu coração. Estão me queimando e eu preferia ficar dormente. Não há ninguém pra culpar a não ser eu. Estou com medo. Tenho que correr o mais depressa que posso. Pra muito longe de você. Longe dessas lembranças. Porque estou perto do sol  e eu sinto que vou explodir. Porque por dentro. Debaixo de tudo. Sou muito vulnerável. Vulnerável a você.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Adoreiii o novo design daqui, ficou lindo CY! Tem tempo que não venho aqui neah?! rsrs

    beijos!
    boa semana!

    http://pamlepletier.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. passando pra desejar uma otima semana.


    bjs
    http://blogvidinhaminha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie, adorei o teu blog também e os seus textos!
    estou seguindo :D

    http://viniseoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que texto mais lindo... Eu amei! Aliás, estou amando tudo que tô vendo por aqui. Já seguindo pra não perder nenhuma novidade!
    Obrigada pelo comentário lá no blog e volte sempre!

    Beijos, Deni
    vivendosemprada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.