Quando machuca a gente sabe que é paixão

Eu senti naquele momento que poderia ser o fim. Acho que eu já sabia que tinha que te deixar ir, mas depois que admiti que estava apaixonada foi ainda mais difícil. A verdade é que não sei o que fazer com você. Isso me deixa louca e talvez por isso eu esteja apaixonada. É como se estivéssemos falando uma língua diferente, ainda não entendi o que houve. Ainda quero saber porque estamos desse jeito, o que fez tudo mudar. Essas conversas paralelas me deixam em uma emboscada, me vejo cada vez mais perdida e não encontro a saída.  Continuo desviando dos golpes que vem em direção  pra te mostrar que sou forte. Pra você me admirar. Mas lá no fundo queria que você falasse algo previsível. Que dissesse que eu sou especial, pegasse em minha mão e dissesse que estava tudo bem. Me puxasse pra perto e me abraçasse como se fosse a última vez. Olhasse dentro dos meus olhos e fosse aquela pessoa que me dissesse que posso fazer as coisas que quero e que sou incrível a minha maneira. De certa maneira, eu preciso ouvir isso. Preciso ter uma certeza. Não dá mais pra ser tão confiante quando o coração está machucado demais. Só preciso saber se está tudo acabado, se devo perder as esperanças, se devo desistir de você. 



Eu ainda sou a boba apaixonada. Todas as noites eu deito a cabeça no travesseiro e uma lágrima cai. Eu ainda torço pra encontrar alguém que enxergue isso, que não precisa de muito. Arrancar um sorriso meu, me fazer ver o que não vejo. Ser o local seguro pra onde eu posso correr. Mas e se você não for nada disso? Se eu nunca tiver isso, se isso não existir? Os sinais estão ai mas estou lutando para ignorá-los. Eu sinto sua falta. As memórias vem sem que eu permita. Estar com as mãos na sua cintura em volta da moto. O jeito que meu coração acelerava quando eu te via. O modo como pegava minha mão e a acariciava enquanto estava abraçada a você. Eu realmente achei que não me apaixonaria. Eu tentei evitar com todas as forças, mas depois que vi seus olhos da última vez e toda vez que você se cala ou diz " não sei" meu coração se parte mais um pouco. Aqui estamos nós diante de um buraco que separa a gente, quando falo contigo quero que eu pareça um pouquinho importante pra você. Onde estamos agora, não é onde quero estar.

Quero que estejamos bem mais longe. Quero pode abrir meu coração sem medo, entrega-lo pra você e deixar você o proteger. Você diz que sou especial, que não como as outras, diz que valho a pena mas o que são as palavras diante dos atos? Me lembro de todos nossos momentos juntos. Eu sei dos meus defeitos. Sei o que posso melhorar, mas eu li em algum lugar se a pessoa não gosta de você com os defeitos, não te merece nas horas boas com as qualidades. Eu quero que você diga que pode ser a esperança falha do meu coração.Eu quero que você diga quando estou triste que eu tenho você, que posso contar contigo. Quero que diga que de alguma forma sou importante. Mas se não for você, quero te abraçar pela última vez. Quero te dizer o que me fez me apaixonar. Quero te falar que mesmo que nos afastemos meu coração ainda abrigará um lugar pra você. Porque machuca. E quando machuca a gente sabe que é paixão. Paixão de verdade.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.