De qualquer maneira, essa sou eu

Eu sou só uma garota que colocou os sentimentos no papel. Organizou as palavras no lugar certo e transformou de alguma forma em sentimento. Meu coração está remendado mas ainda acredita. Ele tem que acreditar. Tudo que eu tenho são as palavras que me confortam e meu sonho. Esta sou eu, é tudo que posso ser no momento. Pode ser o suficiente? As vezes eu até me esqueço de respirar, fico assustada demais com medo de olhar pra trás. Não devia deixar pequenas coisas me afetarem tanto. Eu sei exatamente quem sou, sei o quanto posso ser difícil. Se eu te dissesse que sou dessa maneira você me aceitaria? Se eu te contasse todas as coisas profundas você ainda ficaria por perto? Se você visse o meu lado mais frágil ainda ia me querer ao seu lado? Essa é única garota que sou. A única que eu sei ser. Não sei quando isso vai mudar, nem sei se as coisas devem ser mudadas. Talvez elas devam acontecer exatamente dessa maneira. Te dei 100% de mim e é isso. Pense rápido agora, pegue tudo ou largue. Fique fora ou permaneça. Tome uma maldita decisão. Isto é o que restou. Isso forma quem eu sou. 




Em alguns dias estou em cima e em outros em baixo. Deveria virar pra esquerda mas escolho a direita. Bipolaridade? Acho que não. Não se pode dar um termo médico pra isso. Eu sou a mesma todo dia e noite. Nada muda. Porque eu faço as coisas a minha maneira de um jeito ou de outro. Falhando ou tendo sucesso. Chorando ou sorrindo. Escolho ir vivendo a vida assim. É o modo errado? Bem, me desculpe. Ainda não encontrei nenhum manual de escolhas certas. Se eu te disser pra esperar você ficaria me esperando? Se eu caísse de repente você estaria lá pra me segurar? Não queria fazer tantas perguntas a mim mesma, mas depois que acontece uma vez, você nunca mais é a mesma. Meus olhos estão me mostrando as coisas de outra forma. Não enxergo as pessoas da mesma maneira que eu via antes. Por onde devo começar? 

 Eu não fumo, não bebo e nunca amenizei minhas dores com nada. Eu coleciono um monte de livros e leio histórias que queriam que fosse realidade. Eu leio sobre personagens diferentes do meu redor e me dou conta que eles só ficam nas páginas do livro. Eu choro, sorrio e quase toda madrugada estou escrevendo sobre meus sentimentos. Quero dormir, mas não quero que o amanhã chegue depressa. Quero que as coisas desacelerem um pouco. Me deixem ter tempo de planejar, de fazer as coisas acontecerem. Minha cabeça está lotado de sonhos, desejos que se misturam dentro de mim com o medo e a insegurança. Quero fazer tanta coisa, quero tentar tantas coisas. Eu sou o que sou, se você não conseguir me compreender por dentro, então talvez não éramos pra dar certo. Eu sou feita de pedaços de mim. Uns que ficaram, uns que foram, uns que transformaram e outros que cresceram. Não sou inteira, mas ainda acredito que crer no sentimento e ser eu é a coisa certa que devo continuar fazendo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.