Das coisas que você não se deu conta

Ainda não sei o que me fez me afeiçoar tanto a você. Tem sido uma tortura todos os dias mas hoje fui mais uma vez fraca e cedi. Lá fui eu discar seu número e ouvir a chamada pelo celular. Quando sua voz surgiu, meu coração bateu de um jeito que nunca tinha batido antes. Como se a mágoa dentro dele fizesse doer muito mais. Você nem ao menos reconhecia mais minha voz. Se tem uma coisa que eu sempre preferi foi a verdade. Por mais cruel que ela soasse seria melhor que uma mentira de consolo. Por que ela sempre traz reticências, dúvidas, questões que não conseguimos achar respostas e queremos saber. E essas reticências remetem a respostas que nem podem ser a verdade. Você fugiu todas as vezes que eu pedi uma explicação, como se eu não merecesse uma resposta. Como se eu não merecesse saber o que aconteceu. É tão difícil dizer o que está sentindo? Por mais que eu tentasse resolver nossa situação, eu sabia que não funcionaria. 



Alguns problemas não querem ser solucionados. Você não queria uma solução. Era mais fácil pra você virar as costas e se afastar sem se preocupar se estava me magoando. Era mais fácil fingir que não leu aquela mensagem, ficar dias sem me dar sinal de vida, marcar encontros pra nunca aparecer, dar bolos por meses seguidos e desligar o telefone na minha cara como você fez hoje. Segurei as lágrimas mais uma vez, já havia um tempo que não eu podia mais aguentar. Só me pergunto porque mereci isso. Eu só precisava ouvir a verdade, parar de me culpar por algo que não foi minha culpa. Com a maior frieza na voz você me disse que eu pedi por isso. E o tom da sua voz, fez o resto de mim que estava firme desmoronar. 

Eu me agarrei tão firme em você, nessa esperança, na possibilidade de nós funcionarmos juntos. E quando tudo mudou e notei que não funcionaríamos direito me desesperei. E o desespero faz com que a gente tome medidas loucas. Eu queria ser tudo pra você mas acabei não sendo nada. Não posso tentar imaginar o que você pode estar fazendo agora. Não posso aceitar que eu não despertei nenhum tipo de sentimento em você. Eu devia secar minhas lágrimas e dizer pra mim mesma que você nunca mereceu nenhuma lágrima que escorreu pelo meu rosto. Mas isso não alivia nem conforta meu coração. Só queria te contar tudo que me atormenta. Tudo que me magoou durante todo esse tempo. Talvez se você tivesse entendido saberia o quanto foi cruel me magoar ainda mais. O quanto foi injusto me dar as costas e se afastar sem me deixar saber o que estava acontecendo. Você não se deu conta do dano que causou. Não se deu conta do quanto me fragilizou. Não se deu conta de que poderíamos ter evitado tudo e poderíamos ter dado certo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.