Eu assisti: Cinquenta Tons de Liberdade

Filme:Cinquenta Tons de Liberdade
Título: Fifty Shades Freed
Lançamento: Fevereiro de 2018
Duração: 1 hora e 46 minutos
Gênero: Romance, Drama, Erótico
Distribuidora: Universal Pictures
Nota: 2,5 de 5

Eu queria muito começar essa resenha dizedo que curti esse filme, massssssssss não foi bem assim minha gente. Acredito que todo mundo conheça ou já tenha ouvido falar dessa série/filmes então vamos falar da sinopse e já partir pro que achei beleza? Cinquenta Tons de Liberdade é o terceiro e último filme da trilogia 50 tons que foi um sucesso quando os livos foram lançados assim como os filmes. Neste último filme, temos a consolidação do amor de Anastasia e Christian que passaram por alguns obstáculos nos dois primeiros filmes. Agora já casados e íntimos, ambos precisam lidar com mais um obstáculo e uma novidade inesperada: um filho. E é isso! Não tem muito mais o que falar sobre a sinopse do longa.  É uma pena dizer que eu não curti tanto quanto deveria, mas isso deve as minhas expectativas que estavam super altas e depois que o filme acabou foram lá embaixo. É, esse filme não rolou tanto pra mim. Sei que esses filmes não são exatamente uma obra prima do cinema, porém esse daqui não agradou nada. O desenvolvimento do enredo me pareceu todo corrido e focado em pontos que pareciam não ser tão importantes assim: como ostentar ainda mais a riqueza de Christian, o sexo (obviamente) e mais riqueza. 

Okay, já sabemos que Christian Grey é milionário, porém o filme já começa corrido com o casado de Ana e Christian logo nas primeiras cenas e logo depois somente alguns flashs com Jack indo atrás dos dois. Não dá pra se envolver muito com o que foi apresentado ali. Uma coisa é certa. Dakota e Jamie não me pareceram tão em sintonia neste longa. É claro que parte da essência do segundo filme está nesse, já que ambos foram filmados juntos mas o filme se perde completamente em muitas cenas. A motivação do Jack para ir atrás de Christian e Anastasia não fica tão clara e não é explorada sendo assim fica fútil e sem nenhuma emoção diante do que foi apresentado e montado.  Os conflitos perderam um pouco de graça e a sintonia foi decaindo aos poucos. Faltou algo na direção desse longa com certeza, além do roteiro que poderia ter ido por outro caminho mas optou por entregar não tão produtivo fazendo com que a história fosse vista ainda mais como fraca. Ainda consegui aceitar os primeiros dois filmes, mas esse que parecia empolgante nos trailers quando foi anunciado se mostrou de uma forma completamente ao contrário.  Mesmo quem não entende muito de cinema pode notar os grandes furos desse longa, que só se mantém devido ao agrado dos livros que também forma um grande sucesso. Esperei ver algo a mais nesse filme e fiquei com o mais do mesmo, ou o menos do mesmo. Não há ritmo, pontos altos e nem motivações para que essa história fluisse nesse terceiro longa. Li, em algum lugar que a Rita Ora tinha mais destaque nesse filme porém não vi nenhuma grande aparição.  Ela aparece pouco e mesmo assim não tem muitas falas ou relevancia o que acredito que não seja tão ruim.  A trilha sonoro por outro lado continua impecável e muito boa. Eu simplesmente curto muito as músicas que embalam essa história. Sentimos por outro lado, uma Anastasia um pouco mais segura, poderosa e mostrando pra uma mulher colocada no filme aleatoriamente para dar em cima de Christian que é ela que manda. Precisava de mais dedicação, cuidado com o roteiro, a direção e a química dos atores. Mas o que foi entregue foi um filme bem abaixo do esperado, com uma trama sem nenhuma emoção, cenas de sexo pra mostrar que é erotismo, e sexo. Muita riqueza sendo esbanjada na nossa cara pra lembra que o Christian é milionário, um Jack que mais parece um maluco aleatório que um cara que quer vingança com motivação. É isso. 

Deu pra perceber que o filme não me desceu muito né? É realmente triste, mas se voce assistiu os dois primeiros com certeza tem que assistir esse pra fechar essa trilogia e me contar o que achou porque ...não deu dessa vez pra 50 tons. Esperava mais pra um filme de fechamento com um final bem tosco, uma retrospectiva ala Crepúsculo de como eles se conheceram e uma cena créditos com o filho crescido e mais um a caminho. Não rolou mesmo. É, eu até tentei. E olha que eu gosto da trilogia.




Superados os principais problemas, Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan) agora têm amor, intimidade, dinheiro, sexo, relacionamento estável e um promissor futuro. A vida, no entanto, ainda reserva surpresas para os dois e fantasmas do passado como Jack Hyde (Eric Johnson) e Elena Lincoln (Kim Basinger) voltam a impedir a paz do casal




Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Me decepcionei, estava criando altas expectativas, e com sua resenha elas foram la embaixo kkkkk, muito obrigada, quando for no cinema ja vou com os pes no chao sobre o filme hahaha, amei o post, beijos <3
    http://www.atrasdapenteadeira.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.