Papo Sério: Escolhendo a profissão

Mais uma postagem da categoria Papo Sério. Quero muito saber se vocês estão gostando e também se está ajudando então não se esqueçam de deixar suas opiniões nos comentários. Nessa postagem, eu resolvi abordar o tema que invade a mente de vários jovens que terminam o ensino médio sem saber o que fazer ou em dúvida de qual carreira seguir. Quando se está no último ano, um certo tipo de pressão começa a surgir ai fica mais complicado escolher uma profissão que você lidará pelo resto da vida. Contudo. nada na vida é permanente resolvi dar algumas dicas por aqui. Pra quem não sabe, sou formada em Publicidade e Propaganda mas atualmente não atuo na área. Por um tempinho me senti culpada por ter estudado quatro anos e não atuar na área, mas compreendi que as coisas são muito subjetivas. Vamos lá?


 Dúvida: Escolher uma área que gosto ou que dá mais dinheiro?

Uma vez uma leitora veio me perguntar inbox o que eu achava que ela deveria fazer pois estava em dúvida de cursar uma área que ela gostava ou outra que dava mais renda. É de acordo comum que escolher um trabalho que você goste torne tudo mais prazeroso, trabalhar com algo que você tenha gosto de fazer é incrível e uma das melhores coisas do mundo. Mas a vida não é sempre perfeita, então muitas pessoas não conseguem fazer o que gostam por falta de reconhecimento, valor ou por questões que nem dependem delas.  Eu me formei em Publicidade e Propaganda uma área de comunicação que em relação a outras não dá muita renda. Porém era algo que meu coração queria na época em que decidi meu caminho. Tive poucas experiência práticas na área, mas aprendi muito. Tomei lições que aprendi na faculdade e apliquei em coisas que eram necessárias na minha vida. Não me arrependo de ter escolhido essa área. Não atuo na área atualmente, e por um tempo me senti culpada. Por ter estudado 4 anos e não estar fazendo o que estudei. Com o tempo aprendi que algumas coisas não são como imaginamos. Quantos atores se formaram em coisas totalmente diferentes do que fazem hoje? Não dá pra saber onde a vida vai nos levar. Eu aconselho a fazer o que gosta, sempre. Nem que futuramente você tenha que mudar de área. Ter uma renda estável é muito bom com certeza e é uma das coisas que a maioria das pessoas almeja, mas ter feito aquilo que gosta é ainda melhor. Tenha sempre um plano B, um curso que você faria caso não fizesse aquele que você ama ou gosta. Afinal, nunca sabemos o que pode acontecer e se não der certo você tem outra opção entende? Fazer dinheiro depende muito da pessoa e do seu esforço. Das oportunidades também, muitas pessoas nem tem oportunidades de mostrar o que podem fazer. Então siga seu coração e faça aquilo que te faz feliz tendo a consciência que o mundo profissional não é nada fácil. Tenha um plano B mas jamais faça algo pensando só nos ganhos. Mais tarde você pode ganhar bem, mas não vai aguentar muito fazendo aquilo. Então corra atrás.

Quero estudar outra coisa, mas meus pais querem que eu siga a área da família. O que faço?

Quando estava pra sair do ensino médio, meus pais conversaram comigo sobre minha escolha na faculdade. Eles me deixaram livre pra pesquisar e escolher o curso que tinha mais a ver comigo. Pode ser que isso não seja tão comum nos dias atuais, porém ainda há casos de famílias que querem que os filhos sigam determinadas áreas para cuidar dos negócios ou outra coisa. É uma questão complicada, porque as famílias apesar de terem conflitos parecidos são bem diferentes nos aspectos mais detalhistas. A dica é ter muito diálogo com seus familiares. Sim, eu sei isso pode ser difícil dependendo da alternativa. Tente abrir sua mente e explorar suas opções. É tão ruim cuidar do negócio da família ? É algo que você odeia fazer? Se a resposta for não, então você pode lidar com isso de um modo diferente. Pesquise sobre a área que quer estudar, o mercado, as aulas e mostre tudo calmamente a sua família. Reforce o quanto quer fazer aquele curso e se disponha a tentar se interessar também pela área que sua família quer que siga. Abra a mente e tente ao menos conhecer. Ressalte que aquela área te faz feliz e você gostaria de tentar mas não deixe de compreender o lado da sua família. É mais fácil falar do que fazer, eu sei mais ao menos tente. Vai que você até se surpreende com as coisas.


 Quero cursar uma área, porém minha família não apoia minha decisão. O que faço?

O caso é meio parecido com o dali em cima. Deve haver algum motivo forte para que alguém da sua família não queira que você curse uma determinada área ou tenha preconceito. A dica é ter paciência, pesquisar todas as coisas legais que o curso te oferece e que vai te ensinar assim como suas opções de trabalho e de ganhos. Mostre que você gosta mesmo daquilo e que está disposto a dar o seu melhor quando começar a estudar. Tentar explorar os pontos fortes do curso, deixando claro quais são as coisas que acrescentarão aprendizado na sua vida pode fazer com que pensem na ideia. Se mesmo assim, não tiver jeito e eles não te apoiarem ai é conversar novamente e ressaltar que a vida é sua. Parece duro e grosseiro mas não é. Diga isso com toda calma do mundo, mas sua família não pode te impedir das suas escolhas. Vamos fazer escolhas erradas e certas durante a vida, mas para percebermos isso temos que tentar. Se tiver a oportunidade, faça o que ama mesmo que mais tarde não dê certo.

Não consigo decidir qual curso escolher. O que faço? 

É normal. Super, hiper, mega normal e comum. Muitos jovens mesmo depois de sair do Ensino Médio não conseguem decidir qual curso optar. Quando saí do ensino médio vaguei por muitas opções antes de me decidir por Publicidade. Passei por Biomedicina, Administração e Jornalismo. Fui me decidir somente indo a uma Feira de Profissões realizada aqui por uma faculdade onde moro. Lá assisti uma aula demonstrativa do curso, onde me apaixonei. Pesquise muito sobre o que vai estudar, pense nas matérias que estudava na escola e que gostava, peça opiniões de gente da área que você está em dúvida e pese tudo isso em uma balança. O que pesar mais é o ideal pra você. Quanto mais você conhecer sobre os cursos que está em dúvidas, mais fácil vai ficar de escolher já que alguns detalhes são decisivos na eliminação das opções. Tenha calma e não se pressione.

Escolhi um curso, mas não gostei. Quero mudar de área, o que devo fazer?

Você pesquisou, entrou em um curso que escolheu porém quando começou a frequentá-lo não gostou do que foi abordado e nem do que terá que estudar. Isso é perfeitamente normal. Saiba que muitas decisões da vida são modificadas do nada. Não tenha receio de mudar de área. Tente até encontrar seu lugar, afinal ninguém é obrigado a acertar as coisas de primeira. Algumas pessoas já sabem o que vão fazer por terem dons específicos para a área. Não curtiu o curso que entrou? Seja sincero com sua família e exponha todas as suas impressões.  Não tenha medo de mudar nem de escolher a área que gosta, mesmo que seja na segunda oportunidade. Pense primeiramente em você.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.