Uma esperança pra um coração quebrado

- Você é linda.
Sorrio. Isso é tão típico. Já perdi as contas de quantas vezes escutei essa mesma frase. Será que está escrita em algum manual de conquista? 
 - Obrigada. Já escutei isso várias vezes.
Ele levanta a sombrancelha impressionado, mas sorri como se não tivesse se intimidado
- Acredito que tenha escutado mesmo. Porque é a verdade.
Abaixo a cabeça, deixo os cabelos caírem ao meu redor para que ele não veja meu rosto por alguns segundos e respiro fundo. Deixar me levar por esse papo besta era burrice.
- Claro. O que você vai dizer agora? Que sou especial e diferente de todas as garotas que você já conheceu? Ou vai arriscar e falar diretamente que não quer nada sério?
Ele olha profundamente nos olhos por alguns segundos e me lança um meio sorriso. Parecia ser insistente, do tipo que não desiste tão fácil.
- Uau, que escudo é esse? Só te fiz um elogio não é mais fácil aceitar?
- Tudo bem, Obrigada pelo elogio.




Ele se aproxima mais de mim e agora posso sentir o cheiro do seu perfume que está tentando encobrir meus sentidos. Preciso ficar sã, preciso parar de olhar nesses olhos hipnotizantes.
- Sabe, garotas como você me dão raiva.
- Garotas como eu? E como são essas garotas como eu?
-  Pelo visto você não me entendeu - ele sorri mais uma vez - Garotas como você, eu quis dizer da forma com a qual você se defende de qualquer cantada ou cara que chegue em você.
-  E porque isso te daria raiva?
- Porque eu sei que tem um motivo pra isso. Sabe, os outros caras não pensam que quando chegam em garotas como você e você age desse jeito tem um motivo pra isso. Ou vários motivos. Pode ser mau humor, TPM...

Deixo uma risada escapar de repente, não consigo deixar de aquilo engraçado

- Mas na maioria dos casos é porque um idiota já passou por você e fez um estrago. Não me admira estar de pé atrás.

Sorrio de leve pra ele. Minhas bochecha estão um pouco vermelhas. Será que estava tão óbvio na minha cara que eu me dou mal na matéria relacionamento?

- Está tão na cara assim?

- Não - ele responde seriamente - Só me dá raiva por saber que esse idiota te deixou insegura.

- Tá bom ou você é muito bom no papo ou está querendo muito me conquistar.

- Ai é que está. Eu quero te conquistar, mas de uma maneira diferente. 


- Diferente como? 


Ele se aproxima mais e sei que ele está sentindo meu coração bater mais depressa de tão alto. Não estou conseguindo manter meus sentidos.


- Diferente da maneira que garotas como você merecem.


Então ele fecha os olhos e me dá um leve beijo nos lábios. Os lábios dele são quentes e macios mas o beijo termina antes mesmo que eu possa sentir o restante das sensações.

- Isso prova meu ponto.

Ele se afasta e deixa um papel em minha mão com seu número de telefone. Eu sorrio e mordo o lábio.  O que custaria tentar? Pra quem já teve um coração quebrado, uma chance é uma esperança

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.