#Cinema : Série Divergente /Insurgente


Filme: Insurgente ( Série Divergente)
Título Original: Insurgent 
Lançamento: 20 de março de 2015
Gênero: Ficção, Ação, Distopia
Nota: 5 de 5

Eu não podia deixar de falar de um dos filmes mais esperados desse ano. Insurgente ( pra quem não sabe) é o segundo filme baseado em um trilogia de livros da autora Veronica Roth publicados aqui no Brasil pela Editora Rocco. O segundo filme da trilogia que saiu essa semana causou altas impressões desde seu primeiro trailer. Primeiro que notamos basicamente uma diferença de produção do primeiro para o segundo filme. Neste filme, eu vejo mais efeitos convincentes e um roteiro com mais ação. Não li nenhum livro da série e por isso não posso comparar nada do filme com o livro. Vi alguns comentários negativos contestando que adaptação teria sido muito alterada com relação a obra mas eu particularmente mesmo sem ter lido a obra, gostei bastante de tudo que foi apresentado. O filme continua do ponto que foi deixado no primeiro filme, Tris e Quatro agora são fugitivos depois de se rebelarem contra o sistema de facções. Agora na companhia de seu irmão Caleb e  Peter ( companheiro da facção Audácia) eles pretendem montar um plano para saber em que mundo vivem e derrubar o sistem de facções. 



É ai que um monte de ações desencadeiam outras e fazem com que os acontecimentos comecem a se desenrolar. Especificamente nesse filme, senti a Tris bem mais madura, confiante e forte do que no primeiro filme. Nem lembra aquela menina do primeiro filme que se chamava a mais fraca da Audácia. Gostei de como o roteiro se desenvolveu e de como a história foi contada. Os persoangens recorrentes não ficam tão atrás e mostram um papel fundamental no desenrolar da história. Os efeitos especiais não decepcionam nem um pouco. Assisti o longa em 3D e gostei bastante. Só achei desnecessário o filme todo ser em 3D sendo que na maioria das partes do longa não há tanta coisa para que os efeitos em 3D fluíssem. Os efeitos são bons mas não tão essenciais para quem estava ali de óculos. 




Enfim, o longa é aluce inante e te prende com os olhos na tela. Shailene continua incrível e Théo James também já que os dois tem uma químic notável. O longa me surpreendeu na superação de qualidade de produção e roteiro. Gostei de tudo, de como fui tudo conduzido e dirigido. Os pontos altos do filme são as perseguições e o teste que Tris tem que passar por todas as facções para descobrir um segredo. Nada a reclamar desse filme. O longa está sendo tão bem recebido que já superou os número do primeiro filme da saga. O Brasil vem em segundo lugar com maior público de pessoas levadas ao cinema pelo longa. Se você assistiu o primeio, é obrigação assistir o segundo. E se você não conhece, corre pra conhecer. Distopia muito bem adaptada. Melhor que o primeiro e surpreendente.





Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) agora são fugitivos e procurados por Jeanine Matthews (Kate Winslet), líder da Erudição. Em busca de respostas e assombrados por prévias escolhas, o casal enfrentará inimagináveis desafios enquanto tentam descobrir a verdade sobre o mundo em que vivem.



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.