A verdadeira guerreira

Olhe pra mim, você pode achar que vê quem eu realmente sou. Mas não consegue enxergar. Por que sempre fiz aquilo que esperavam de mim. Sempre segui o que me diziam. Você nunca saberá realmente quem eu sou. Todo dia eu represento um papel, e eu vejo que se eu usar essa máscara, poderei enganar a todo mundo e deixá-los satisfeitos. Sim, eu posso enganar o mundo, mas não posso enganar meu coração. Ele sabe bem que essa não é quem eu quero ser.

 Não vou deixar que nada tente me domar nesse mundo. Não poderei ver a pessoa que mais amo ir embora. Sem ter a certeza de que a verei novamente. Eu posso abandonar os vestidos. Cortar o cabelo e tirar maquiagem. Deixar de lado meus sentimentos, e aprender a ser mais racional. Posso ser somente razão. Pra te salvar do que quer te afaste de mim. Eu olho pro espelho antes de colocar essa armadura sobre meu peito.


Posso provar pra todo mundo, que não sou essa menina boba e inocente que todos podem tirar algo. Quem é essa garota refletida no espelho, olhando direto e me encarando? Sinto uma lágrima se soltar pelo meu rosto. Sei que não poderei chorar na frente de mais ninguém daqui em diante.Queria que meu reflexo pudesse mostrar as pessoas quem eu sou por dentro. Pego a minha espada e preparo meus melhores movimentos, sei que tenho que aprender a me defender. A guerreira dentro de mim está acordando. Estou entrando em um mundo, onde tenho que esconder meu coração e tudo que eu acredito. Esse mundo não vai me transformar completamente. Estou fazendo o que é preciso e o que é necessário. De alguma forma , eu ainda não sei como, mostrarei ao mundo o que tem dentro do meu coração.

 São tantos sonhos pra dividir. E ai sei que serei amada por alguém pelo que eu sou. Sem máscaras, sem me esconder, sem ter que fingir ser outra pessoa. Então quem é essa garota que eu vou me transformar quando colocar essa armadura e não tirá-la por um longo tempo? Meu reflexo é alguém que não conheço, alguém que foi obrigada a se transformar e defender as coisas que ama. Que não tem medo de sacrificar pelo amor. Passo a mão pelo rosto, toda a maquiagem sai do meu rosto. Não preciso de batom. Eu preciso fazer isso, eu tenho que passar por isso. Há um coração que dever ser livre pra voar. Eu queimo por dentro com a necessidade de provar a coragem que possuo aqui dentro.

 Não vou esconder minha força. Vou mostrar que posso lidar com isso como uma mulher de verdade. Sei como me sinto, meu " eu verdadeiro" está vivo dentro de mim. Posso esconder o que penso, mas quando voltar pra casa, esse espelho mostrará quem eu realmente sou, e todas as pessoas verão que eu posso ser quem quiser ser. Por que eu não tenho mais medo. A guerreira dentro mim esteve sempre aqui. Posso ir a guerra e voltar, sou capaz disso e de muito mais. Sou capaz de amar como uma garota e de me defender como uma verdadeira mulher.

*Inspirado no conto da Mulan
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Oeee, demorei mas voltei!
    A história da Mulan é bem legal e ela é uma personagem forte; seus textos sempre falam sobre força e esse tipo de coisa. Adoro isso. As vezes passo aqui, leio um e me sinto muito bem. :D

    Beijinhos,
    Nina
    www.storytimestoryteller.blogspot.com
    PS: não esqueça de dar uma passadinha no meu blog! Obrigadinha ;D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.