O primeiro que eu odiei

Quando você disse cada palavra. Eu acreditei. Porque soava sincero demais para ser mentira. Soou tão claro. E você disse que seria "para sempre".Cada pequeno beijo dado. Cada toque de mão. Cada abraço. E cada olhar podem ter sido mentiras? Eu sinto meu coração solto dentro do meu peito, batendo fortemente de dor, sem nenhuma rede de segurança. Porque você me fez retirar todas elas. Eu só não entendi o adeus. Não entendi o porque. Mas mesmo isso você se foi. Sem nem ao menos olhar pra trás. Sem nem ao menos olhar nos meus olhos. Eu era a única apaixonada? Ali, nunca houve um "nós dois"? Talvez dar tudo de mim não tenha sido o suficiente. Sabia que no começo eu não te amava. Nem apaixonada eu estava. Mas você disse que faria com que eu te amasse. E eu amei. Mas do que imaginei. Mas do que a mim mesma. E ainda dói lembrar que você foi o único que eu amei de verdade até agora. Que ainda lembro de tudo que houve. Que ainda lembro de cada palavra.  Então me diz eu fui a única que amou? Enquanto eu passeio pelo corredor, vejo o lugar onde a nossa foto costumava ficar.


Eu luto contra tudo e contra todas as lágrimas, apesar de não poder impedi-las. Por que as vezes eu lembro de você. Ou ainda te sinto aqui. Como você pode ir embora? Como pode ignorar tudo e partir tão facilmente? Eu só não entendi como aguentei toda a dor e ainda continuei viva. Hoje, eu digo que superei. Que esqueci. Mas a verdade é que não se pode realmente esquecer.  Todos esse sonhos partidos, planos desfeitos e memórias dolorosas estão me matando por dentro. Então me diga o que eu deveria ter feito? Com todo amor que você me fez sentir? Você jurou me fazer te amar. Eu amei e agora como eu fico? Era pra ser eu e você. Juntos. Não sei se pra sempre. Mas por um bom tempo. Entrando na igreja, casando, fazendo planos juntos. Lembra de quando falamos disso? Lembra de quando você desenhou aquele coração na areia ? Ou do buque de flores? Era pra ser nós dois. Felizes. Se amando. 

Me ajude. Eu te pedi pra me ajudar. Então me responda agora: Eu fui a única a te amar? Eu quis tudo quando estava contigo. Nada mais importava. Passava por cima de mim. Porque te amar era a única coisa que eu sabia fazer. Mas certas horas temos que enxergar o que é melhor pra nós. Eu amava você. Mais do que eu esperei. Em certas horas, mesmo que amemos muito alguém temos que seguir em frente, se aquilo não nos faz feliz. E foi o que eu fiz. Uma das coisas mais difíceis de se fazer. Doeu em pontos que eu jamais imaginei. Mas foi o melhor. Depois de todo esse tempo, não digo que te esqueci. Por que seria mentira. Você foi o primeiro. O primeiro em tudo. O primeiro que eu me apaixonei. O primeiro que eu amei. O primeiro que me traiu. O primeiro que me deixou. O primeiro que eu odiei. O primeiro que que me fez mais forte. Eu te amo. Quer dizer amei. Um dia.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Texto perfeito, como sempre!!!
    Deve doer muito quando alguém dá um adeus sem nenhuma explicação... e ai bate aquela dúvida, será que ao menos ele me amava???
    Muito bom
    Beijos
    sogarotasteen.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pietraaa
      vc sempre acompanhando por aqui
      um beijo enorme!
      www.cantinhodanina19.blogspot.com.br

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.