Minha Cura

Eu sei que nós..tínhamos muito a dizer. Mas as palavras simplesmente não saíram. Trocamos alguns olhares, O que o tempo havia feito conosco? Éramos os mesmos por fora, mas completamente diferentes por dentro. Entre o agora e o para sempre, não sei em qual tempo estamos agora. Acho que eu era um tipo de jogo que você achava que podia jogar. Era fácil demais. Eu sempre estava ali. Quando você queria, na hora que me pedia, todas as vezes. E eu sei que havia mais de mil motivos para ir embora. Mas eu nunca fui. E eu fazia promessas. Promessas que eu sabia que eram falsas. Que não valiam de nada. Porque eu passava um bom tempo pensando, organizando e juntando todos os fatos pra poder me afastar de você. E quando você chegava perto de mim tudo se apagava facilmente. Tudo era perdoado. 
Eu podia dar mais uma chance. Você poderia mudar. Era assim exatamente que eu pensava.Que haveria algum tipo de milagre. Que você acordaria e mudaria. Como eu fui boba. A minha cegueira não tinha fim. Ninguém conseguia realmente abrir meus olhos. Eu não conseguia achar a cura que eu precisava. A cura que me faria abrir os olhos e enxergar aquilo que estava na minha frente. Cada vez vejo você ficando melhor nisso. Todos os dias, você sorri , me encanta e vai embora. E leva com você a cura pra essa doença. 

Sim, é assim que eu chamo. Doença. Por que só pode ser isso. O que mais seria? É algo incontrolável, algo que foge de mim e vai além. Você tem a cura para essa doença? Por que tudo que eu faço é te seguir, por onde quer que for. E lá no fundo eu sei que isso precisa acabar. Preciso achar outra alternativa. Alguma solução rápida. Que me faça cair na real. Terei que fabricar minha própria cura. Eu sei que tenho capacidade pra isso. Mas então por que você não quer me deixar? Não quer me deixar ao menos tentar? Preciso me dar uma chance de viver sem você, sem sua presença na minha vida. Talvez seja melhor desse jeito. Todo mundo diz que eu preciso olhar em volta. Todas essas pessoas. Rostos novos. Elas passam depressa. Dizem que tem pessoas me esperando pra conhecer. Mas eu só consigo olhar pra você. E eu sei qual é o tamanho desse erro. Preciso lutar contra isso dentro de mim. Preciso querer melhor. Preciso deixar ir. Desapagar. Crer em coisas melhores. Isso é completamente obsessivo, louco e dependente. Isso não faz nada bem pra mim. Isso só me faz ficar viciada, perdida, sem rumo, totalmente presa e ligada a cada passo e a cada acontecimento da sua vida. Por favor, me deixe ir, preciso acordar. Preciso sentir a liberdade dentro do meu coração. Preciso ser mais feliz. Quero o melhor. Quero ser feliz.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.