A carta que ela não leu

Ei Branquinha

Vai parecer meio estranho. Meio estranho não.Um pouco fora do normal. Você pode até não acreditar que sou eu que está escrevendo essa carta. Mas sou eu. É provável também que você não queira mais ouvir falar de mim. E está certa. Mas lembra de quando você me disse que sentia falta do romantismo? Das cartas trocadas? Então, estou fazendo isso por ti. Provavelmente meus amigos falarão que isso é ridículo. Mas não importa. Desde que você saiba tudo que eu quero te dizer. Branquinha. Lembra de como você adorava esse apelido? Eu lembro de como seu sorriso me iluminava toda vez que eu te chamava dessa forma. Eu me lembro de como te adorava te fazer rir. Seu sorriso iluminava todos os cantos por onde você passava. Todo mundo notava isso. E eu podia dizer que aquele sorriso era todo meu quando você me via. Menina, você não sabe como eu sinto. Não sabe como eu me senti com você. Pode parecer que não faça sentido agora. Afinal fui eu quem te deixei. Fui que te decepcionei. Que te fiz chorar. Você não sabe como eu me sinto agora. E nunca soube porque eu nunca disse o suficiente. Lembro de você entrando pela porta. Com os olhos inchados de tanto chorar. Lembro que seu sorriso se apagou. E doeu em meu coração. Por que eu sabia que eu era o motivo de você não sorrir mais. Fui estúpido. Fui idiota.


Fui o cara mais canalha de todos. Bobo. Ridículo. Inconsequente. Por não perceber aquilo que eu tinha na mão. Você pode me chamar do que quiser. Eu normalmente era tão indiferente. É tão mais fácil ser assim. Para os homens. Ser forte. Ser firme. Ser aquele que aguenta firme. Que não demonstra.Meus sentimentos eu os escondi. E até hoje não sei por que fiz isso. Não sei porque te deixei ir. Não sei porque te magoei.  Mas eu quero que você saiba, branquinha que eu te amei. Nunca quis dizer isso pra ninguém, e eu nunca te disse. Mas sim, eu te amei. Não posso mais esperar pra te dizer isso.  Menina, pra te dizer a verdade. Foi sempre você. Todas as horas, minutos e segundos do meu dia. Isso me assustava. Eu nunca tinha me sentido assim. Estou sem você, mas sei que ninguém poderá te substituir. E sabe por que? Pelas mínimas coisas. Pelos mínimos detalhes . Eu te amei pelo seus olhos que brilham tanto que fazem as estrelas do céu se encolherem de vergonha. Pelo modo que você sorri. Pelo modo que mexe no cabelo e esbanja todo charme me deixando completamente vidrado em você. Pelo se beijo viciante. Por sua mão ser tão pequena e delicada que quando entrelaça na minha, eu posso cobri-lá completamente.Pelo jeito que eu posso te olhar por horas e nunca enjoar. Pelo perfume que você deixou na minha roupa toda vez que me abraçou. Pelo jeito que te vejo cantar , colocar o fone no máximo e dançar pela minha casa sem ter um pingo de vergonha. Pelo jeito de me seduzir. De me tentar. De me deixar louco. Completamente viciado em tudo de você  

De jogar comigo, de me tirar do sério. De me fazer completo.Por todas as suas caras irritadas quando eu brincava com você. Pela sua teimosia e seus dias de TPM. Quando você escreve textos sobre mim e fala mais bonito do qualquer outra música ou poesia. Te amei por ser boba. Por se doar sem nem esperar muito em troca. Por amar incondicionalmente alguém sem pensar nas consequências. Por ser minha chata preferida. Minha branquinha irritante e malvada. Por ser insuportavelmente linda quando fica brava. E principalmente por que sempre me amou desde o primeiro momento. Já deu pra perceber o quanto me arrependo? Acho que sim. Eu me arrependo todos os dias, que estou sem você. Essa carta nunca irá chegar nas suas mãos. Por que sei que voce não irá me perdoar. Provavelmente nem me queira de volta. Mas eu precisava dizer. De um modo de outro. Tudo que eu não disse. Tudo que eu amei ter e tinha. E que perdi por ser estúpido demais.
Por derramar lágrimas em um rosto inocente. Por machucar um coração puro. Por fazer com que você saísse pela porta sem te impedir. Eu te amei branquinha. Muito. Você me fez o cara mais feliz. E a verdade é que, lá vai, eu ainda te amo. Demais. Muito. Mais do que a mim. Mais do que todas que eu já me apaixonei.
É você branquinha, sempre foi.
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Oie lindinha!!!

    Nossa que texto lindo =)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kekaaa
      volte amanha e veja a versao feminina!
      beijocas

      Excluir
  2. Nossa que texto mais lindo ! Adorei mesmo .
    lisandrasperansa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada liii

      volte amanha e veja a versao feminina

      beijo beijo

      qro saber se vc vai gostar

      Excluir
  3. Sério, você me conhece? Já te contei meus segredos? Tem muito de mim nesse texto, você não faz ideia.

    www.deliriosdebloom.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAaaah q fofa larissa! serioo? q bom fico mais feliz qndo flam q se identificaram me faz mt feliz

      volte amanha e leia a versao feminina

      qro saber sua opiniao

      beijooooooooo

      Excluir
  4. Awnnnn *-*
    Espero a carta da menina, ansiosamente!
    Love, Nina.
    http://omundocoloridodanina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah espero seu comentario amanha
      rs

      linda e fofa como sempree
      a demi eh fofa neh?
      baixei o cd novo todo jah

      beijo beijooo nina

      Excluir
  5. Opps, esqueci de comentar que adorei o gif, a Demi é uma fofa! Nesse exato momento estou ouvindo In Case, tão, tão, tão linda! Estou quase chorando, oh God.
    Love, Nina.
    http://omundocoloridodanina.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.