Fuga Inesperada

Eu sabia que tinha alguma coisa errada. Percebi quando essa noite nem ao menos consegui dormir. Me revirei na cama várias vezes e não peguei no sono. Sempre soube que esse dia chegaria, mas não sabia que seria tão cedo. E quando abri aquela página tive toda a confirmação do que eu mais temia. De repente senti meu coração esmagado dentro do peito. O que será que estava acontecendo? Como aquilo foi acontecer tão depressa? Saí no meio da madrugada pra te ver. Você me pediu e eu nem hesitei. Só a ideia de te ver me deixou mais feliz, e tudo que eu queria aquele dia era te abraçar. Maldito destino. Com isso não consegui te ver. Não consegui chegar até você.


E se eu tivesse chegado teria feito alguma diferença? Agora, me vi chorando deitada na cama. Incapaz de acreditar. No fundo, eu sabia que isso ia acontecer. Eu ainda tinha esperança, lá no fundo. E agora eu tinha que me conformar em ver você dizendo palavras carinhosas pra outra. Será que eu posso aguentar? Será que posso lidar com isso sendo apenas sua amiga? Sim, eu me arrisquei. E me enganei esse tempo todo, dizendo pra mim mesma que não estava acontecendo nada. De tudo ia ficar bem. Mas nada está bem. Secretamente eu rezava para que você notasse o quanto você era importante, o quanto eu me preocupava com você. Agora tudo que eu queria era me afastar, correr pra longe de você e dessas lembranças. 

Sei que não vou poder e não vou conseguir te ver com ela. Simplesmente não dá. Mas a culpa foi minha. Me iludi com algo impossível. Bem feito.Talvez agora eu aprenda a ser mais firme. E menos coração. Talvez agora eu possa tornar meu coração de pedra. Porque assim eu sofro menos. Me magoo menos. Pensei em mil formas de atrair sua atenção. Mas nada parece que vai funcionar. Então só me resta te ver sendo feliz, e de  certa forma isso me fará feliz também. Ou não dar nenhuma explicação e simplesmente sumir. Desaparecer. Fugir. Sempre achei que fugir nunca foi a resposta. Mas nesse caso é a única coisa que talvez eu possa fazer pra te esquecer . E pra não me magoar mais. Como eu queria que você soubesse. Mas se soubesse faria diferença? Então eu choro, enquanto tento me recuperar e confirmar aquilo que eu já sabia. Que o destino nos deixaria separados. E me acostumar com a minha rotina sem você presente. Algumas lágrimas a mais, não foi a primeira, nem será a última. Só que o que mais dói é sentir meu coração se partindo dentro do meu peito aos poucos, enquanto essa vontade de chorar não passa.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Que textooo lindooo!
    Parabens....

    Bjosss
    http://morenanude.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mah
      volte sempre
      http://cantinhodanina19.blogspot.com.br/

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.