Resenha de Livro: No Limite do Perigo

'Livro: No Limite do Perigo
Autora: Katie McGarry
Ano: 2015
Páginas: 420
Editora: Verus
Nota: 5 de 5

Sou tão suspeita pra falar de qualquer livro da Katie, mas não é a toa. A Katie é excelente. Excelente em escrever livros românticos, dramáticos e sedutores que tem um enredo muito bem trabalhado. Já falei algo parecido na resenha de dois livros dela que tem por aqui, e esse é o 3 livro da saga No limite, no qual dessa vez é explorada a vida de Isaiah( amigo de Beth e Noah) e Rachel. Os dois são o oposto um do outro. Rachel é menina loira, bem de vida, cheia de irmãos protetores e que parece sufocada a todo tempo exceto quando está dirigindo seu carro. Ela se sente uma substituta para a irmã, que morreu de câncer e que parece que os pais não conseguem superar. Rachel também tem ataques de pânico graves, envolvendo desmaios e até sangue no banheiro, mas ela esconde isso para não parecer fraca e deixar a família feliz. 

Isaiah tem um mundo bem diferente. Após anos presa, a mãe dele resolve aparecer e ter contato com ele. Ele não aceita que sua mãe foi libertada e só tentou contato com ele depois de meses. Tatuagens, piercings e uma atitude durona fazem de Isaiah um jovem temível mas no fundo é um jovem batalhador que conserta carros e quer algo melhor. Preocupado com o dinheiro do aluguel e com medo Isaiah aceita participar de uma corrida de carros e é lá que o caminho dos dois se cruza. Isaiah se impressiona com Rachel desde o primeiro momento e por uma confusão os dois acabam envolvidos em uma situação perigosa que ambos precisam trabalhar juntos para sair. Conforme se envolvem os dois descobrem que há muito mais ali do que podiam imaginar e terão que passar por seus próprios obstáculos para ficarem juntos.

Esse foi o livro que li mais rápido da autora. Eu entrei completamente no universo dos dois e posso arriscar que é um dos meus casais favoritos até agora. A história é bem construída novamente e isso me impressiona já que a autora consegue ambientar os personagens de uma forma assustadoramente inteligente e explorando outros problemas. Os personagens se conhecem entre si com relação aos outros livros porém a autora não se repete nem deixa a desejar. O Isaiah é cativante, apesar de ter o típico estereótipo de garoto bad boy por baixo de toda aquela aparência tem um cara super interessante e bacana que cativa conforme o desenrolar da história acontece. 

Do outro lado, Rachel pode parecer sem graça e bem clichê também já que se trata da menininha rica e inocente porém é muito mais do que isso. Rachel é forte só não sabe o quanto de força tem, e isso é escondido pela superproteção dos irmãos e pela preocupação dos pais. Rachel e Isaiah tem muita química, muita atração e eles combinam demais. Os diálogos e o envolvimento entre os dois são envolvente o que faz com que a leitura do livro corra muito mais rápido do que se imagina. Fiquei com um sorriso no rosto quase todo o tempo do livro. Posso arriscar dizer que gostei mais do que a história de Beth e Ryan, que também aparecem nesse livro assim como Noah e Echo. Não sei qual dos personagens criados por Katie eu me apaixonei mais mas com certeza a autora sabe construir história distintas de uma forma bem trabalhada com os elementos certos para uma narrativa dramática e romântica de uma forma super desenvolvida. Apaixonante do começo ao fim. Recomendo de olhos fechados e abertos.




O mais recente sucesso da série iniciada com No limite da atração Para todas as pessoas, Rachel Young é a menina que só tira dez, usa roupas de grife e tem uma vida perfeita. Mas ela guarda segredos de seus pais ricos e de seus irmãos dominadores, e acaba de acrescentar mais dois à lista. Um deles envolve apostar corrida contra estranhos com seu Mustang GT em estradas escuras. O outro? Isaiah Walker, um cara com quem ela não deveria nem conversar. Mas, quando o órfão tatuado e com intensos olhos acinzentados vem em seu resgate, ela não consegue tirá-lo da cabeça. Isaiah também tem segredos. A última coisa de que ele precisa é se envolver com uma riquinha que quer passear pela periferia para se divertir — por mais angelical que ela possa parecer. Mas, quando o gosto dos dois pelas corridas de rua coloca ambos em perigo, Isaiah e Rachel têm seis semanas para encontrar uma saída. Seis semanas para descobrir até onde estão dispostos a ir para salvar um ao outro. No novo volume da série iniciada com No limite da atração, você vai conhecer melhor o sombrio Isaiah, além de matar as saudades de Noah, Echo, Beth e Ryan.





0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.