Quero que saiba...

Eu queria te dizer antes de tudo que de primeira eu já sinto muito. Eu já me desculpo e já aviso bem antes que não está tudo normal no momento. Tem um furacão aqui dentro, e ele aumenta e diminui de intensidade tão rápido que me deixa tonta. Queria dizer que tem vários buraquinhos aqui e que há um vazio que causa agonia pois venho tentando preenche-lo tem tempo. E quando parece que algo finalmente preenche, é só uma falsa esperança porque ai o vazio volta com tudo. Sei que isso parece preocupante e até dificil de lidar. Sei que pode ser mais fácil desistir ou fugir pro outro lado, mas eu te prometo que é só ter um pouquinho de paciência. Me deixa terminar de falar. Não se assuste, não corra para o lado oposto. Pode parecer que não vale a pena, mas acredite vale sim. Eu quero que você compreenda bem o real motivo de tudo isso. Veja bem, como se pode ter certeza de que você não vai sumir? De que não vai falar um monte de coisas da boca pra fora e depois fingir que nunca disse nada?  Como se pode saber se não vou acostumar contigo pra depois você ir embora e deixar seu cheiro de tortura eterna? 

Será que você consegue entender só um pouquinho? Um pedacinho de nada sem achar que eu sou problemática ou faço drama?

Foram tantos babacas. Tantos. E eles eram bons atores viu? Estavam bem disfarçados, com uma boa embalagem e atraentes. Só pra depois que passasse um tempo eu pudesse descobrir que a data de validade já estava vencida faz tempo. Mas ai já era tarde. Eu já tinh me viciado. E como se larga um vício? Me convenci de tantas maneiras que tinha um jeito e gastei tempo mais energia em momentos que não tinham mais jeito. Já era causa perdida e lá estava eu, insistindo e querendo uma continuidade.
Calma. Eu não sou inocente. Sei muito bem lidar com as tais ficadas de uma noite, rolo sem compromisso e apenas curtição mesmo não sendo desse feitio. Se eu souber disso desde o começo e tudo estiver claro tenha a certeza de que tudo vai correr perfeitamente.

Só é muito injusto alimentar as esperanças, estimular fantasias e depois recuar como se nunca tivesse prometido nada. E não se trata de falar " eu prometo" porque na real nem precisa dessas palavras pra levar alguém no papo. Com tudo isso a gente passa a acreditar no tal dedo podre sabe? Parece que tudo que você encontra no caminho acaba se tornando ruim. Foram tantas e tantas as vezes que ouvi " Vai ser diferente" " Você é diferente" " Você é especial" "Vamos marcar de novo" " Falo com você outra hora" " Não é nada contigo" e mais um monte de desculpas de um manual furado que inventaram e cada vez acrescentam mais uma desculpa.

Não ache que isso se trata de problemas de amor próprio ou de não saber ficar sozinha. Mas sim, de venderem algo que nunca existiu. Então eu tenho a necessidade de saber exatamente o que você quer, mesmo que você não saiba. Se você não sabe, me diga que não sabe. É melhor mesmo que no final sejamos magoados. Pelo menos eu estava sabendo que esteve tudo claro e que eu corria o risco.  A culpa não é sua, sinto muito. É toda essa merda que deixaram pra trás. Sei que você tem boas intenções mas entenda que eu tenho o direito de me sentir assim. Tenho direito de sentir medo. De sentir agonia. De te contar tudo que tem aqui dentro, de me abrir completamente com o risco de você sair correndo por achar que é coisa demais pra lidar. Droga, eu queria ser descomplicada. Queria sorrir e não te falar nada disso, mas tenho que ser sincera pelo menos uma vez. Tenho medo de te deixar entrar pra depois me ver chorando sozinha por você não estar do meu lado.

Sei que é muito pra assimilar. Sei que é difícil. Você pode dar alguma desculpa e virar as costas se quiser.

E sabe o que é mais louco? Se você resolver ficar vai saber que apesar de parecer demais é muito simples tirar o melhor de mim: sinceridade nos pequenos gestos. Eu não sei explicar direito mas apesar de todas essas dores que escorrem de mim as minhas armaduras não resistem se você souber me abraçar quando eu precisar. Se você puder me ouvir sem me criticar e me fazer enxergar o que eu não consigo ver. Se você segurar minha mão quando não tiver ninguém pra alcança-la.  Eu sou assim e apesar de terem me dito que eu sinto demais sei que meus sentimentos podem ser destruídos, as lágrimas podem cair de monte mas o que eu sou permanece intacto. Você pode até ter dúvidas sobre tudo mas tenha a certeza de que não vou parar de sentir. Sinto as coisas como elas merecem ser sentidas e se não der certo? Bem, mesmo magoada, mesmo desacreditada e mesmo com algumas lágrimas o que me resta é tentar de novo e continuar acreditando.

Então por favor só tenta ser sincero, só tenta dar o melhor que pode e em troca podemos  construir algo bacana que vai ser lembrado com um sorriso no rosto mais tarde.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.