#Seriado: O Exorcista

Série: O Exorcista
Título Original: The Exorcist
Temporadas: 1( em exibição)
Lançamento:Setembro de 2016
Canal: FOX
Nota: 5 de 5

Vou ser bem sincera com vocês e confessar que um dos fatores pesados que me fizeram vir a acompanhar essa série tem nome e sobrenome: Alfonso Herrera. Se você por um acaso não sabe quem ele é, já te digo. Ele fez durante muito tempo a novela Rebelde e integrou posteriormente o grupo RBD criado dentro da trama onde ele cantava e dançava. O grupo durou um bom tempo até que resolveu encerrar as atividades, mas fez um sucesso estrondoso e Alfonso mais conhecido como Poncho ficou conhecido também. Achei demais terem colocado ele no elenco, ele é realmente um talento na área de atuação e ele sempre foi meu queridinho desde essa época. 

Quem me acompanha por aqui sabe muito bem que eu sou meio fascinada por tramas de terror, suspense e que assisto várias com o intuito de avaliar e também de levar sustos. O nome da série em si já diz bastante do que se trata pra quem lembra dos filmes e também dos inúmeros outros longas que tratam de exorcismo e possessão. Baseado nos filmes do " O exorcista", o longa aborda de uma forma diferente os temas polêmicos dentro da igreja de possessão demoníaca e exorcismos. 

Bom, na trama o Padre Tómaz um padre jovem e dedicado a sua paróquia no qual ele coordena enfrenta alguns acontecimentos que jamais pensou que aconteceriam. Tudo começa quando ele é recrutado por uma mulher que frequenta a igreja e que pede sua ajuda com relação a sua filha e os estranhos comportamentos e sensações dentro de sua casa. Ainda descrente, o jovem padre aceita ajudar e as cenas que presencia são de assustar qualquer um. Transtornado, ele vai em busca de ajuda de um padre bem diferente dele mas que tem conhecimento sobre aquilo que precisa: exorcismo. O padre Marcus acredita em suas crenças mais do que tudo, e apesar de ter seus demônios pessoais por não conseguir algum tempo atrás salvar um menino de uma possessão ele acaba cedendo a ajuda ao Tomaz. Os dois se interligam de um  modo interessante e precisam agir rápido para que as coisas não piorem e o mal se manifeste ainda mais. Só que não se trata apenas de possessões e exorcismos, mas sim de algo maior do que eles imaginam.

Eu comecei a assistir a série também por curiosidade do enredo, da trama e me surpreendi. A Fox mandou muito também colocando o Alfonso em um papel completamente diferente do que se imaginaria. Nem dá pra lembrar da época de Rebelde olhando pra ele agora. Intercalando os cenários nos EUA e no México, a trama necessariamente não assusta a ponto de tirar o sono, mas contém cenas forte e muito bem produzidas e arrisco dizer melhores até que o filme. Os contrastes da história são bem interessantes já que há mais elementos além do foco principal em demônios e exorcismo. É uma série que prende durante todos os minutos em que se desenvolve e que te deixa intrigado para o próximo acontecimento. Recomendo pra quem curte esse gênero e quer algo que entretenha de uma forma bem desenvolvida. Ainda na 1 temporada espero que a mesma continue de uma forma interessante e bem produzida.




Tomás Ortega (Alfonso Herrera) é um padre progressista, ambicioso e compreensivo, que coordena uma pequena paróquia localizada no subúrbio de Chicago. Já o padre Marcus Keane (Ben Daniels) trabalha num dos bairros mais pobres da Cidade do México, sendo completamente obcecado por sua missão religiosa. Ambos se encontram quando precisam lidar com o caso de possessão demoníaca que aflige a família Rance, que integra a paródia do padre Tomás. Desesperada com a situação de sua filha Katherine (Brianne Howey), Angela (Geena Davis) procura a ajuda dos padres. Por mais que eles tenham grandes diferenças de comportamento, precisam unir forças para enfrentar o maior desafio de suas vidas.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.