Resenha de livro: As coisas mais legais do mundo


Livro: As coisas mais legais do mundo
Autora: Karol Pinheiro
Ano: 2016
Páginas:144
Editora: Verus
Nota: 5 de 5

Eu acompanho a Karol há muito tempo desde que ela ainda fazia parte da equipe da Capricho e confesso, que me orgulho muito de como ela amadureceu e criou seu próprio espaço. Desde que saiu da Capricho, e até mesmo quando estava lá, a Karol incentivava e conseguia realizar vários sonhos no qual a gente torcia por ela. Quando ela anunciou que lançaria um livro pela Verus meu coração se encheu de alegria por ela. Eu sabia que a Karol sempre quis lançar um livro por ser jornalista, e também por seu livro sair pela minha editora favorita e que eu sonho ser autora: Verus. Sempre adorei os textos da Karol, a forma que ela se comunicava com os leitores e seu jeitinho especial de ser. Não deu outra. Tudo isso se refletiu no livro, que ficou tão lindo e bem feito que é impossível não olhar pra ele duas vezes. Quando o livro chegou por aqui até me emocionei. Já tinha visto a capa e até visto os bastidores das fotos que a Karol fez pra capa e pra orelha, mas o resultado final foi emocionante. Vi a Karol chorar quando viu o livro pela primeira vez e minha vontade foi chorar com ela também. Quanto amor dentro de um livro. Junto com o livro vem um poster pequeno lindo com a frase " As coisas mais legais do mundo não são coisas".





O livro é tão trabalhado, tão bonito, que é impossível não elogiar. Mas calma, antes que você se pergunte, no meio desta onda de livros de youtubers o da Karol se destaca porque não é sobre ela, sobre seus segredos ou coisas que ela nunca contou e sim textos inéditos, sentimentos, pensamentos, dúvidas, confusões.  São textos curtos, mas aleatórios que falam sobre todas as coisas que a Karol pode reunir ou pensar. Em baixo de cada texto, há uma interação com o leitor onde ele pode escrever, relacionado ao assunto e praticar as coisas que estão sendo lidas nos textos da jornalista. É uma coisa linda. O trabalho gráfico é impecável e sua união com a MAQUI para fazer a capa, o design e etc resultaram em um livro que me arrancou lágrimas quando chegou. Linguagem simples, linguagem gostosa. Textos que você consegue se identificar e sorrir além de se emocionar também. Tem simplicidade e talento nas palavras da Karol e eu espero muito que ela continua com essa carreira. Quero ver muito mais livro dela por ai. 






Há citações da mesma espalhadas pelo livro, com códigos que você poder ler no celular em alguns textos, conteúdo exclusivo pra se aprofundar na leitura. As coisas mais legais do mundo é um livro lindo, leve, interativo e que fala de muitas coisas ao mesmo tempo de uma forma engajada e muito solta. A Karol fez um ótimo trabalho e eu se fosse você garantia o seu, está na hora de começar a refletir e pensar sobre algumas coisas. Curiosidade: o título da capa foi feito com glitter de verdade e fotografado, ideia da Maqui que ficou genial. Deu pra perceber que eu amei o livro né? Vale a pena.



"Nós somos donos das nossas histórias. Literalmente ou não, nós fazemos nossos dias. Gosto de sentir que, ao abrir os olhos toda manhã, encaro um espaço branco para ser preenchido. Levanto sem demora e começo a desenrolar o enredo daquele capítulo"

"Uma história só é de amor quando dois corações são capazes de bater na mesma sincronia. Não importa por um dia, por alguns meses ou por muito anos. Ou para sempre. A vida é aquilo que a gente leva dela. E o que deixa"

"É engraçado essa coisa de sentir como se alguém estivesse na sua vida há muito tempo quando na verdade faz pouco. Tentar ocupar os espaços e conhecer os detalhes é tarefa árdua, que leva tempo até mesmo para os apaixonados. E, assim quando finalmente acontece, há sempre mais pra desbravar."

" Há quem acredite que o fim não é, necessariamente o final. Há quem diga que ele é a consequência de estar vivo. A verdade? A graça está em não saber"

"Pra mim, o pior de todos é o vício em pessoas. A dependência de uma amizade, de um amor, de alguém que antes de existir parecia não ser importante até que... O peito fica pesado, os olhos marejados. O desespero de ficar longe tenta enganar a consciência. É o primeiro passo para arranjar motivos e acreditar no que parece fazer todo o sentido: impossível existir vida longe."

" Amarra o passado, é capaz de dar nó no presente, impossibilita o futuro. Quem sente jamais esquece, quem supera ganha força suficiente para seguir adiante."




Do blog para as suas mãos: 100 textos inéditos e cheios de inspiração sobre amores, desamores e mais, muito mais!Ela prefere os dias nublados. Gosta de ficar sozinha, mas tem amigos da vida inteira. No trânsito, tem mania de olhar para os carros parados ao lado e imaginar o que as pessoas estão pensando. Curte cada minuto da casa nova (onde mora sozinha!) e se pergunta onde foi que as pessoas esconderam os sentimentos escancarados. Em seu primeiro livro, Karol Pinheiro convida você a olhar o mundo pelos olhos dela. De um jeito doce que às vezes pode ser bem ácido, a blogueira fala de amor, beleza, desejos, mentiras, frustrações, família, manias, cachorrinhos de estimação, sobremesas e avós de cabelos branquinhos. Fala de sentimentos, mas também fala de coisas. Afinal, a vida da gente não é feita só de poesia. Com leveza e inteligência, Karol compartilha com você as suas impressões sobre ser, ter e sentir. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.