Algo entre duas coisas

Eu sou aquele tipo de garota que você olha e pensa que sabe de tudo. Que  você pensa que tem o nariz empinado ou que não é nem pouco simpática. Mas a verdade é que ando por aí com a cabeça cheia de dúvidas e um coração afogado no medo. As palavras mais cruéis sobre mim saem da minha própria boca, porque essa insegurança toda não me deixa acreditar muito tempo. Sim, eu sou a garota que quer o que não tem. Que enfrenta os obstáculos e sempre quer ir mais além. Esse negócio de ficar parada no mesmo lugar pra mim não funciona. Sou a garota que se olha no espelho e vê tudo que não é e que gostaria de ser.  Estou em uma viagem que vai cada vez mais rápido e gostaria de saltar desse trem de pensamentos bagunçados. Porque olha, nunca vi mente mais bagunçada que a minha, mais confusa que a minha. Ou talvez nem seja minha mente, seja meu coração mesmo. O coitado já nem sabe mais no que acreditar por mais que queira.  





Bem, o que eu mais posso dizer? É um mundo cruel, e ele não é cor de rosa nem perfeito como eu costumava ler nos livros de contos de fadas. Ele machuca de um modo doloroso e deixa cicatrizes pra te fazerem lembrar das lições que ensinou. Não é mais fácil nem mais difícil pra mim nem pra ninguém. Cada um tem suas próprias dores e aprende suas próprias lições. Cada dor machuca de um jeito e dói tanto quanto a outra. No fundo, temos os desejos e sonhos mais parecidos. Desisti do meu coração por um tempo porque ele se iludia demais, se apegava demais e isso nos fazia sofrer. Cheguei perto de tentar ser perfeita, mas no fim vi que o perfeito não é sinal de felicidade sincera.


 Tive que aprender a enxergar todas as peças  se espalharem para juntar todas as peças e remontá-las de um modo que as compreendesse. Estou com medo, mas sou corajosa. Estou ansiosa, mas tenho calma. Eu choro, e também sorrio. Eu acho que não vou mais me apaixonar e já estou com um sorriso bobo no rosto. Sou algo entre duas coisas, sou alguém forte e fraca. Sou tragicamente confusa e assustadoramente esperançosa. Quero um pouco de tudo e não só tudo de algo. Quero ficar aqui, e também quero ir para outros lugares. Quero experimentar tudo que tiver chance e continuar gostando das coisas que gostava. Quero manter minha essencia e aprimorar outras.  Sim, eu sou exatamente essa garota. Nem um pouco diferente de você no fundo, mas exatamente igual se olhar com atenção. Só quero a chance de ser feliz. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.