Declaro o fim

Minha cabeça está prestes a explodir. Eu só não podia acreditar. Quem você é? Porque com certeza eu não te conheço mais. Só pode ser outra pessoa. O mesmo corpo, mas outra pessoa por dentro. É única explicação lógica e que soa razoável. Lágrimas caem do meu rosto. E elas já caíram tantas vezes. Eu fiz uma promessa pra mim. Prometi não falar mais de você. Com essas palavras. Nesses textos. Mas quem disse que eu consegui? Todas essas palavras, todos esses textos vem sendo sobre você. Todo esse tempo, como pode não perceber? Eu só não consigo entender como chegamos a esse ponto. Você me disse que a culpa foi minha. Que eu iniciei essa avalanche, que tudo isso só é um drama. Como pode falar assim? Só não consigo mais ver a pessoa de quem eu gostei tanto. Pra onde ele foi? Me diz por favor. 

Eu devia te pedir desculpas. Mas se eu disse tudo que eu disse. Foi por um único motivo.Uma hora a gente cansa. De dar e nunca receber. De me preocupar sem ser motivo de preocupação. De lembrar que não se é lembrada. Isso parece ser insignificante pra você. Pois pra mim isso é o que mais vale. E acredite, isso não me faz melhor que você. Ai está você, intacto, coração duro, feito de pedra. Com palavras curtas e grossas, dizendo não se importar com o mundo e nem com as pessoas só com você mesmo.
E como você é ridículo. Garoto, por que você não cresce? Por que não abre os seus olhos? Por que não conseguiu ver o quanto eu gostava de você? Mais do que deveria, mais do que eu achei que gostaria.  Não fale, não precisa. Só não posso nem quero acreditar.  Nossa situação nunca esteve boa. Mas na real, com quem você estava brincando? Eu nunca pensei que agiria sim. E sim, em todas as vezes que você deveria estar do meu lado, nunca esteve. Não diga que são concepções diferentes. Por que todas as suas estão erradas. Você sempre esteve pronto para desistir. Quando eu me virei, quando eu me afastei de você. Seu orgulho é tão grande assim? Eu preciso de você. Eu precisei de você. Todas essas vezes meus pensamentos se voltaram para seu rosto. Se eu realmente dependesse de ti, você me salvaria? Ou será que encontraria alguma desculpa esfarrapada para dar e tentar convencer a si mesmo de que é verdade? E se eu te dissesse tudo que eu senti? Você acreditaria ou correria assustado? 

Estou cansada de me preocupar. De todas essas mensagens sem resposta. De tropeçar e duvidar sem saber se você me seguraria ou me deixaria cair. O que nós realmente fomos? Pareço enfraquecer, mas não posso dizer que não senti dor. Só que você não sabe diferenciar as coisas uma das outras. Não sabe olhar pro lado e ver algo além de si mesmo. Quando eu disse que ainda queria sua amizade, eu estava falando sério, sempre estive. Essa foi a hora da fraqueza, onde tudo veio a tona e tudo desmoronou. Eu ainda tenho tempo para tentar. Toda vez que eu tentei falar, você tentou me parar. Fingiu não prestar atenção. Porque cada pequena coisa que eu disse pra você parecia errada. Você diz que entende, que é maduro para compreender, mas não consegue enxergar. Diferente do que diz, você não cresceu o suficiente. Pra saber que o que está fazendo é me machucar. E bem feio. Esta aqui é quem eu realmente sou e você não quer acreditar. Me faz querer saber agora, o que isso tudo foi pra você? Eu posso viver assim. Sem sua presença. Sem você. Você mudará algum dia de ideia? Algum dia entenderá? Eu não sei. Mas ai o tempo já passou. Diferente de todas as vezes eu não irei voltar atrás. Eu cansei de entender. Eu cansei de procurar. Quando passar por mim pode fingir que não me conhece. Eu farei o mesmo. Eu declaro o fim de uma amizade. Quer dizer se é que eu posso chamar isso. Por que pra mim você sempre foi mais do que meu amigo. O que eu fui pra você? Alguém que passou pela sua vida. Acabou. É o fim, colega.
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Nossa, belíssimo texto! Ameei! *-*
    Amoreeeeeee, estou seguindo vc aqui, to amando seu blog.
    Beijoooos!
    contornoperfeito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii! :)
    Gostei muito do texto, conseguiu expressar os sentimentos. É péssimo quando uma pessoa muda tanto a ponto de não a reconhecermos mais, e o pior é quando isso machuca a gente! :C
    Escreve muito bem flor! :D
    Primeira vez que vim aqui e amei, seu blog é lindo!^^
    Beijocas :*

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa, amei o texto, ficou muito lindo!
    Ele expressou sentimentos de uma maneira única e verdadeira ;)
    Vim aqui para dizer também, que tem uma #Tag literária lá no meu blog para você!
    Beijos :3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.