Começa desse jeito

Todas as gotas do céu nessa noite chuvosa não podem se comparar a dor que eu estou sentindo. Todas as lágrimas que eu chorei caíram pelo chão e ainda não secaram. Eu estava sentada no degrau da porta. Passando a mão sobre o rosto. Eu desliguei o celular e ele caiu da minha mão. Eu sabia que teria que fazer isso. Sabia tudo que vinha pela frente. É duro demais me ver sem ele. Eu senti um pedaço do meu coração se soltar. Mas quando se está em uma encruzilhada. É preciso escolher. Todo o faz de conta. Está preso no porta retratos. Nas fotografias imaginárias que tiramos. Jogo isso tudo pelo chão.E isso se quebra, sei que tenho que deixar isso ficar atrás. Me coração foi quebrado. Está me sufocando aos poucos. Toda essa dor está me massacrando. É preciso estar machucado desse jeito, é preciso chorar e abrir mão das coisas que eu amei para chegar do outro lado? O lado bom? Porque esse lado tem que ser bom. Pra compensar um pouco o desse daqui. Eu não sei se isso irá me derrubar.


Como uma queda quando você tenta voar.  Começa com um adeus.  As vezes você dá. E você não recebe. As vezes você se curva. E eles derrubam você. As vezes você fica por perto,dando tudo de si. Tentando amá-lo. Alguém que jamais será. E as vezes você foge, sem querer saber pra onde. Eu desperdicei todo esse tempo, olhando para a porta. Eu nunca tive forças para fazer as malas e ir embora.Nunca tive coragem pra admitir pra mim que isso não me fazia bem. Que isso era errado. Como um veneno percorrendo minhas veias tentando fazer parecer como um remédio para minha doença. Eu sei que algum lugar existe um horizonte azul, em algum lugar a frente esperando por mim. Chegar lá significa superar tudo e deixar as coisas para trás. O tempo cura, sim o tempo cura todas essas feridas. De alguma forma. 

Tem algum remédio instantâneo? Alguma vacina que me previna de sentir isso? De sentir toda essa dor junta e intensa dentro de mim? Se houver, por favor vem aqui e me dê uma dosagem bem alta. Estou precisando sanar todos esses machucados. Todos esses sonhos, planos desfeitos e lembranças esvoaçantes. Saia do meu coração, e da minha mente também. Aqui não é lugar para pessoas como você. Meu coração pode não te dizer por falta de coragem. Mas a minha consciência te dirá para sair daqui da mesma forma que entrou. Não deixe rastros, não deixe nada. Leve tudo contigo. Só vá embora e me deixe cuidar do meu coração da forma que ele merece.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. arrasou, escreve super bem *-*
    estou seguindo seu cantinho flor, da uma passadinha no meu cantinho... se gostar segue de volta ?? um super beijo

    www.andressa-mont.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa emocionante, tu escreve muito bem!
    Esta de parabéns.
    Beijos

    charmof-woman.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Escreve muito bem ^^
    belezadecereja.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.