Não sei mais

Sei que no fundo estou negando aquilo que está na minha cara. Sei que apesar de insistir, as coisas não tem mais jeito. Não importa o que e u faça ou o que eu fale. Nada vai mudar. Pensei que o que sentia por você era tão grande que não queria acreditar que teria um fim. Arrumei desculpas, fechei os olhos pro seus erros e afoguei lágrimas no travesseiro em diversas noites. Me agarrei a você como uma esperança perdida. Me agarrei a você como se você fosse minha última chance de respirar tranquila. Não quis dizer pra mim mesma que isso daria errado, apesar de ter medo. Eu queria que desse certo, pelo menos dessa vez. Depois de tantas tentativas, depois de encher meu coração de esperanças em tantos momentos. Não posso mais derrubar tantas lágrimas entende? Essa agonia tem que ir embora porque ela não me deixa dormir a noite. Quantos dias mais se passarão até que meu coração possa respirar novamente? Pra que eu possa acreditar sem duvidar?  Eu coloco uma música triste pra tocar e me deixo fazer o que faço de melhor. Lágrimas correm do meu rosto. Não consigo esquecer as suas últimas palavras, não consigo arrancá-las daqui. Elas ficam repetindo como se fosse um gravador inútil. Não é algo que se de pra fugir enquanto eu não consigo dormir. 



Como você pode não enxergar o que está fazendo? Não sei mais que palavras usar e nem sei que atitudes tomar. Minha cabeça dói. Não sei se estou pronta pra continuar, não sei se posso mais insistir nisso. Não sei mais o que fazer. Essa mania de insistir nas pessoas que desistem de mim tem que parar. Essa mania de querer dar chances infinitas pra quem não quer tem que ir embora. Foram dias intermináveis sem seu abraço. Foram dias dolorosos sem sentir seu apoio, sem sentir que estava ali pra mim. Eu só queria olhar pra você, dizer algumas coisas talvez procurar um sentido. Preciso de um motivo racional que me faça entender porque ainda estou insistindo nisso, porque ainda estou aqui. Quando parei pra abrir os olhos você disse " Não temos mais nada pra conversar"  eu disse " Então tudo foi uma mentira?" e você disse " Se você diz. Pense o que quiser". Uma pausa e um suspiro. Durante o silencio dá pra sentir meu coração esmagado dentro do peito. 

Não dá pra virar o rosto e dizer que está tudo bem. Não dá pra fingir que nada aconteceu se os mesmos erros tem sido cometidos. Eu só não posso acreditar que é verdade. Eu só não posso dizer pro meu coração novamente que ambos erramos denovo. Sigo procurando por você, sigo dizendo que posso consertar tudo, mas e se isso simplesmente não tiver conserto porque não é certo? Olho pro meu telefone ainda esperando que quando eu menos espere uma mensagem sua apareça e me diga o quanto errou. Me diga que sou importante de alguma forma ridícula pra você. A mensagem não chega e cada momento que passa me sinto mais longe de você. Nunca saberei como é tudo que eu imaginei fazer ao seu lado. Nunca saberei como é estar do seu lado. Nunca saberei se eu podia te fazer feliz. Achei que funcionaríamos direito, achei que tivessemos uma chance. Era tão simples. Você podia ter parado pra me ouvir. Podia ter feito coisas idiotas e me dito bobeiras. Você não optou por isso. Ao invés disso me deixou aqui ainda mais vulnerável, ainda mais necessitada de uma salvação. E neste momento eu já não sei mais se vale a pena. Eu já não sei mais se o que sinto deve ser levado em conta. Não sei mais se quero continuar. Não sei se quero você por perto.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.