Antes de tudo..e agora

Antes disso eu teria te dito que tudo daria certo. Antes eu acreditava que um amor perfeito ia me atingir e eu ia viver o sentimento mais lindo de todo o universo. Só que agora eu percebi que nada é como eu imaginei, nada é como nos meus sonhos e nunca vai ser. O tempo está passando depressa e devo confessar que isso me assusta pra caramba. Estou olhando somente para frente, porque tenho medo de virar pra trás e ver que não consegui fazer metade das coisas que eu queria. Tantas pessoas passaram por mim, pessoas que eu achei que fossem ficar pra sempre.

Pessoas que eu achei que seriam tudo na minha vida. Elas me fizeram promessas, me falaram que eu era importante e mesmo assim se foram, me deixaram e hoje, nem ao menos se lembram e nem sequer se importam. Com o tempo eu aprendi que isso é normal, mas eu posso te dizer que até agora não consigo entender. Talvez seja esse vazio dentro de mim, que não se preenche com nada. Talvez seja o receio de ter tantos sonhos mas não saber como realizá-los.




Mas pior de tudo, talvez seja o medo de me tornar alguém que eu não quero me tornar por mais que eu lute todos os dias contra isso.Ter uma vida que eu não quero ter. Sem emoção, sem paixão, sem vida. Eu derramei lágrimas, e ganhei alguns sorrisos. Aprendi que não deve se doar a mais do que se recebe, porque as pessoas nunca dão o mesmo em troca. Perdi a inocência, desacriditei do amor, e me machuquei tanto que você ficaria um pouco assutado.

Hoje, eu sou um tipo de bagunça que nem eu mesma entendo. Sou feita de lágrimas, machucados, sorrisos, abraços , sonhos e esperanças perdidas. Todo dia, toda vez que eu respiro, sinto que tenho encontrar algo que me traga a paz que eu preciso, mas eu nunca encontro. Eu continuei sorrindo, mesmo chorando ao mesmo tempo porque isso é o que me disseram pra fazer. Me disseram que é assim que seguimos em frente, me disseram que é assim que a dor passa. Já faz algum tempo que eu não sinto meu coração bater, minha barriga doer, as mãos suarem e os joelhos tremerem. E olha, vou te falar a verdade eu sinto tanta falta disso. Sinto falta do toque de mão. Sinto falta dos gestos românticos, e do olho no olho. Sinto falta do nervosismo do primeiro beijo e da conquista que vai acontecendo aos poucos. Muitas vezes eu sinto raiva dos filmes, porque  são eles que me fazem acreditar. A única coisa que eu sempre quis, acho que desde sempre é alguém que pudesse fazer meu coração transbordar.Alguém que me visse além de mim mesma.


Enquanto as lágrimas caem mais um pouco, eu ainda tenho medo. Porque estou sozinha e cansei de ouvir falarem que eu devo ser forte. Que eu tenho que lidar com isso, que eu tenho que fazer e pensar sempre nas coisas certas sendo que ninguém me disse como. Sendo que ninguém sabe como tudo está tão confuso agora. Fecho os olhos, e me forço mentalmente a acreditar que tudo vai se arranjar. Que a pessoa certa vai chegar.


 Mas o tempo não para, as coisas estão avançando cada vez mais depressa e eu não simplesmente não consigo parar isso. Estou correndo contra os ponteiros, mas eles insistem em deixa tudo pra trás, em fazer que tudo termine depressa pra depois eu não conseguir me lembrar direito. A verdade é que cansa derrubar lágrimas, bater na mesma tecla, cansa ser forte por não poder deixar que falem de você, cansa sentir o que estou sentindo. É isso, eu cansei. Cansei demais.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.