Eu Assisti: Cinquenta Tons mais Escuros



Filme: Cinquenta Tons Mais Escuros
Título Original: Fifty Shades Darker
Lançamento: 9 de Fevereiro de 2017
Duração: 1 hora e 58 minutos
Distribuidora: Universal Pictures
Nota: 3 de 5
Em exibição nos cinemas
Baseado na obra de EL James publicada no Brasil pela Intrínseca 

Como era de se esperar vim aqui falar de uma das estreias mais esperadas e comentadas do mês. Sr Grey está de volta as telonas e dessa vez as coisas são bem diferentes. Pois, lá fui eu assistir o filme com as expectativas bem altas e mesmo depois do filme ter acabado não sei dizer se gostei mais do primeiro ou desse. Pra quem não acompanha o blog, eu já li e resenhei os 3 livros da série Cinquenta Tons e de todos, o segundo livro foi o mais morno. Muitas coisas foram readaptadas e apesar de terem feito muito esforço para colocar as cenas mais essenciais do livro, senti uma leve falta de alguns aspectos. Primeiro preciso dizer que é bem visível que Jamie e Dakota estão bem mais confortáveis um com o outro. Eles estão mais envolvidos um com outro e sendo assim a relação deles na história fica melhor de ser observada. 

Eu posso dizer que gosto muito mais da personagem de Anastasia no filme, do que no livro. Não sei se é por atuação da Dakota, mas no longa a personagem é mais firme, mais confiante e não parece tão bobinha quanto no livro. Digo o mesmo do Christian, que no livro ainda parece tão mandão e muitas vezes arrogante, mas no longa amolece um pouco e deixa transparecer algo mais tocante. A mudança na direção do longa não afeta nem um pouco o clima da história, apenas o modo como ela é observada. Nesse filme, temos novos elementos a serem explorados, como a perseguição de uma ex-submissa de Chrisitian que quer colocar a vida de Ana em perigo e o traiçoeiro chefe de Ana, Jack Hyde. Eu vi e assisti muitas críticas do filme após te-lo assistido e confesso que concordei com muitas apesar de gostar muito da trilogia. Essa nova aparição de personagens que dão um outro foco pra esse filme é subjetiva pois não tem grande efeito durante o desenvolvimento do filme. A aparição de Leila pra mim, ficou bem morna. 


Eu esperava algo mais emocionante ou bem mais louco com relação a perseguição dela. Mesmo quando ela aponta a arma para Ana, não acredito nem um pouco nela e depois disso ela some sem acrescentar mais nada para o filme. O que me agradou mais foi a presença de Jack que apesar de não ter tantas cenas contribuiu para um pequeno balanço na história desse casal. Muitos aspectos do livro que foram colocados dentro do filme são bem fora do contexto. Algumas cenas são tipo " what?" já que se trata de um personagem super rico como exemplo temos um presente que Christian entrega para Ana em uma caixa e que ela descobre depois ser um Iphone,um MacBook, a chave de um carro e transferir dinheiro para a conta da garota. As cenas de sexo são presentes e no mesmo clima do primeiro filme. 

Como no livro, achei um pouco cansativo ter tantas cenas e quando elas aconteciam não serem tão trabalhadas como poderiam já que o filme tem esse lado erótico. Gostei muito de observar a mudança de comportamento do Christian, a presença de Elena que apesar de ser uma personagem até que importante, não acrescentou tanto a história, o amadurecimento de Anastasia e é claro o desenvolvimento da relação dos dois. A trilha sonora está impecável assim como a do primeiro filme, e com certeza você vai curtir alguma música que foi tocada no filme. As inseguranças de Ana quanto aos gostos de Christian ainda estão lá e achei bacana os acontecimentos terem dado embasamento para isso.  


É bacana também pode vislumbrar pequenas doses de seu passado e de como ele absorveu e transformou isso em seu estilo de vida. As cenas são bem fiéis ao livro, e gostei bastante de saber do envolvimento da autora na produção do filme. Cinquenta Tons mais Escuros é um bom filme e diferente do primeiro aqui vemos a relação de um casal mais amadurecida em que ambos precisam ter a certeza do que querem. Fiquei chateada por não terem mencionado o Dr Flynn( médico de Christian) no filme e a visita de Ana até ele, já que o mesmo esclarece algumas dúvidas sobre o personagem e seu passado. Apesar de ter falhado em alguns pontos, o longa ainda é romântico, quente e uma boa pedida pra se distrair no cinema. 






Incomodada com os hábitos e atitudes de Christian Grey (Jamie Dornan), Anastasia (Dakota Johnson) decide terminar o relacionamento e focar no desenvolvimento de sua carreira. Ele, no entanto, não desiste tão fácil e fica sempre ao seu encalço, insistindo que aceita as regras dela. Tal cortejo acaba funcionando e ela reinicia o relacionamento com o jovem milionário, sendo que, aos poucos, passa a compreender melhor os jogos sexuais que ele tanto aprecia.




Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. TEnho que dizer que estou super ansiosa para assistir o filme, li a trilogia e amei!! Um super beijão querida.

    www.unijumi.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.