Eu Ouvi: A Danada Sou Eu da Ludmilla


Álbum: A Danada Sou Eu
Artista: Ludmilla
Lançamento: Outubro de 2016
Gravadora: Warner Music
Singles: BOM, A Danada sou Eu
Nota: 4 de 5

Quando a Ludmilla estourou no cenário musical com seu single " Hoje" aposto que muitas pessoas pensaram que a moça de 21 anos seria somente uma cantora de um sucesso. Mas ai vieram mais músicas, mais trabalhos e seu nome começou a ser notado no espaço musical. E olha só o segundo álbum da cantora ai no mercado. " A Danada sou Eu" é um tiro certo pra mostrar para todo mundo que duvidava que a cantora quer permanecer no cenário e é claro marcar sua identidade. Com a Anitta em ascensão fazendo um bom trabalho, Ludmilla tinha o desafio de trazer músicas tão bacanas quanto Anitta e se manter no páreo não só com um ou dois singles de sucesso. O cenário pop do país foi dominado pelo funk melody misturado com um pop dançante e com esse álbum a cantora conseguiu um trabalho BEM MELHOR do que seu álbum de estreia.

Enquanto " Hoje" apostava no funk bem mais explícito nas batidas, o segundo álbum passeia por várias batidas ainda predominando no melody gostosinho com sonoridades gostosas de ouvir, dançar e viajar também. Dá pra sentir que o álbum ficou mais apresentável do que o primeiro e isso se confirma com o primeiro single " Bom" que traz uma sonoridade lenta, sensual e uma letra chiclete que te deixa com ela na cabeça. Um tiro certo pra primeiro single. Depois vamos de " Sou eu" uma música mais dançante com altas pegadas de funk. 

Mas o álbum é recheado de músicas bacanas e com batidas bem gostosas que facilmente podem ser tocadas em qualquer festa eclética de gostos. Com participações do cantor Jeremiah, do Gusttavo Lima e do Filipe Ret as faixas passeiam em batidões, letras de sedução e poder. O ponto alto do disco é a diferenciação das sonoridades, sendo que até quem nem curte tanto Ludmilla pode gostar de alguma faixa, afinal em muitas delas até é impossível ficar paradinho no lugar viu? Baladinhas gostosas, batidas de funk, sonoridade dançante e romântica. Um álbum pra curtir. Vale lembrar que além de ser da mesma gravadora de Anitta, o álbum também teve os mesmos compositores e produtores do álbum " Bang" de Anitta e as duas também cantam o mesmo estilo de música apesar de terem suas peculiaridades. Sinto a Ludmilla mais amadurecida e poderosa. 











 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.