Resenha de Livro: Devoção J.C.Reed




Título: Devoção
Título Original: Surrender Your Lover
Autor: J.C Reed
Editora: Única
Ano: 2014
Páginas: 288
Nota: 2 de 5


Apesar do mercado literário erótico ter crescido bastante não me envolvi completamente por esse gênero apesar dos infinitos títulos de várias editoras. Quem me acompanha no meu Instagram @cybellesantos21 provavelmente viu uma foto que postei do box dessa trilogia que comprei por um preço em conta na Americanas. Uma coisa que me irritou muito é que quase todos esses livros eróticos tem o mesmo desenvolvimento, personagens parecidos e características específicas. Um homem podre de rico e de terno, uma garota bonita ou nem tão bonita. Ela ficou com algumas pessoas mas nunca sentiu nada como por ele. Ele, uma cafajeste, pegador que não fica com ninguém e se apaixona por ela. E ai vai a história. Quando comecei a ler esse livro não parei de me fazer perguntas o tempo todo já que no meu ver o enredo está cheio de ações duvidosas da personagem. Primeiro, não sei a Brooke (personagem principal) me irritou ou me agradou. Ao decorrer da leitura não tive como não lembrar de muitas cenas de 50 tons de cinza. O desenvolvimento se parece MUITO com o da história do Sr Grey apenas com características diferentes o que já não achei muito criativo. A escrita da autora é fácil e apesar de ter vários furos e coisas meio duvidosas passa muito rápido já que envolve e facilita a compreensão. Brooke Stewart é uma corretora muito boa na empresa que trabalha até que é enviada pelo chefe para uma reunião com o dono de uma empresa muito importante Mayfield Realyties. Quando o rapaz aparece Brooke leva um susto pois na noite anterior ela tinha bebido demais e ido pra cama com um cara absurdamente atraente que ela descobre ser o mesmo que está na sua frente. Relutante, ela vai embora porém mais tarde descobre que o rapaz tem nome Jett Mayfield responsável pela empresa em questão. Sem mais nem menos o chefe a chama, e diz que Jett exige que ela vá trabalhar com ele com um salário super alto e o encontre na Itália. Ainda sem saber que foi Jett que a pediu, Brooke aceita e a história começa.

Devoção não me agradou nem me fez odiar mas não me convenceu. A história pareceu um pouco forçada demais para ser erótica e pra pegada sensual. Uma das coisas que mais me irritou na narrativa foi Brooke o tempo todo olhar pro cara e desejar tirar as roupas ou imaginar cenas de intimidade com ele. Me irritou pra caramba. Tudo bem, estamos falando de um livro erótico mas não precisa todo momento citar " olhei para as costas dele, e lá esteva ele sexy e gosto, imaginei mil coisas " arrrgh. Essas partes me entendiaram e me irritaram. O cara é perfeito, não tem um único defeito porque veste um terno e é rico? E em que universo uma mulher mesmo apaixonada toda vez que olha pro cara quer arrancar as calcinhas ( citações da personagem)?  A história tem muitos furos, ele contrata ela pra empresa por ter a visto uma vez, dormido com ela e ainda impõe um CONTRATO. Sim, um contrato de descrição e para eles não se envolverem porque todas as vezes que eles se veem querem se pegar. Ah, isso não me convenceu nada. Pelo amor. Brooke foi contratada pra trabalhar mas a narrativa forçava tanto as cenas eróticas que eu fiquei em dúvida se ela foi contratada pra trabalhar mesmo com ele ou pra satisfaze-lo. Jett me pareceu perfeito demais e muito endeusado demais também. Tem falas parecidas com Christian Grey e outros livros sensuais do gênero. 

A trama não tem muita história em si, é cheia de furos e ações que não fazem sentido. Pra dar um gás, a autora colocou um segredo, uma negociação que envolve Brooke e Jett mas nem isso me envolveu.  O livro é envolvente por ter uma narrativa descomplicada mas em questão de outras características me decepcionou. Ainda quero ler um livro erótico diferente em que o cara não seja o estereótipo criado por 50 tons " cara rico de terno, mocinha bonita que não resiste a ele e se apaixona). Na livraria, encontrei vários livros que pela sinopse e capa parecem ser do mesmo desenvolvimento com características diferentes. Impossível não se lembrar de outros livros eróticos lendo esse. As cenas não são pesadas, mas são muito constantes. Toda hora ele estava lá ou ela estava lá pedindo aquilo. Tudo muito clichê e devo dizer nada surpreendente.Pra finalizar, estou lendo o terceiro livro da série e até agora minha opinião não mudou, mas não me arrependo de ter comprado o box . Se você gosta de histórias de caras ricos de terno que se apaixonam por mocinhas bonitas que não resistem e não sabem dizer não ( estereótipo bobo pra dar pra uma mulher) recomendo a leitura. Mas se você não gosta, nem leia.

Sinopse:

Com uma promissora carreira pela frente, Brooke Stewart não é o tipo de pessoa que se envolve em relacionamentos, principalmente em seu trabalho. Entretanto, ao ser enviada para fechar um grande negócio na Itália, ela percebe que uma das peças-chave do seu novo projeto é o cara que ela havia abandonado dias antes em sua cama. Jett era um homem de negócios. E altamente atraente. Seu sorriso malicioso escondia seus verdadeiros intuitos e seus olhos verdes eram um convite permanente. Sexy e arrogante, um cretino e um estranho, disposto a conseguir tudo o que quer e, desta vez, ele desejava Brooke, não importando o preço a pagar.Então, quando eles percebem que essa relação pode afetar o mundo dos negócios, surge um contrato...Perigosamente arriscado. Altamente sexy. Uma relação que não aceitará um “não” como resposta.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.