Obrigada por nada

Acredito que neste exato momento eu nem sei o que te dizer. Eu estava muito bem antes de você voltar. De verdade. Do meu jeito, eu estava. Você tinha a mania irritante de aparecer quando menos esperava. Me fazendo relembrar momentos. Querendo me fazer ceder a qualquer custo enquanto eu tentava o tempo todo ficar na minha. Manter o que levei um tempão pra superar. Mas em algum momento eu resolvi chutar o balde. Repeti pra mim mesma que sabia muito bem o que sentia e que isso não mudaria se eu te visse de novo. E lá fui eu embarcar em uma ilusão. Tudo que consigo sentir é raiva. Raiva por ter cedido. Raiva por no fundo ter pensado que aquilo poderia acontecer e mesmo assim ainda ter aceitado, ainda ter permitido que acontecesse. Como mágica todos os momentos começaram a voltar. Você enfatizou com tanta certeza de que havia mudado e na primeira oportunidade mostrou que não mudou em nada. O mesmo cara que eu tive algo anos atrás ainda estava ali e as mesmas coisas que me magoaram na época me magoaram agora. Eu estava revivendo as mesmas coisas e era algo que eu não queria de jeito nenhum. Não podia passar por tudo de novo. Não do mesmo jeito. 
Naquela época eu me coloquei a prova. Fiquei do seu lado apesar de todo mundo ir contra. Acreditei em cada palavra. Lutei e fiz loucuras pra te manter ao meu lado. Eu estava apaixonada. Nunca neguei isso e sei que você sabe também. Mas o sentimento agora não é o mesmo. Prometi que nunca confiaria em ninguém totalmente, não depois do que houve e quando você me disse  todas as aquelas coisas parte de mim acreditou mas a outra parte estava em estado de alerta urgente. Enquanto você me contava que depois de mim nunca conseguiu se entregar de verdade com mais ninguém, fiquei calada me concentrando para que uma lágrima não caísse. Eu não te disse aquele dia, mas depois de você não consegui sentir nada por ninguém. Não como senti por você. Não pense que falo isso pra você gabar e não quero dizer que ainda sou apaixonada por você. Não é nada disso. Só queria que soubesse que depois de você eu me transformei. Você me transformou.

 Depois de você eu não consegui me entregar de verdade porque quando me entreguei contigo não valeu a pena. Na hora que eu mais precisei, você me ignorou. Me deu as costas como deu agora. Como se eu não tivesse sido nada e não fosse nada. Então, você não mudou nada. Nada mesmo. Correu na primeira oportunidade. Nem sei se de tudo que você me falou era algo verdadeiro. E eu tenho todo direito de duvidar. Dessa vez foi bem pior, você disse coisas que não poderia cumprir. Me fez achar que eu teria um lugar pra correr, me faz acreditar em uma esperança mínima. Me fez sair da zona segura pra virar as costas quando te deu vontade. Obrigada por nada. Obrigada por me mostrar que eu não tomei uma decisão errada em te superar. Obrigada.

Indicação de Série : Slasher

Série: Slasher
Lançamento: Março de 2016
Temporadas : 3 ( em exibição)
Gênero: Suspense, Terror
Criador: Aaron Martin
Nota: 4 de 5
Distribuidora: Netflix


Eu descobri essa série tem um tempinho e somente agora consegui vir aqui falar pra vocês. Slasher é uma das séries que mais estou curtindo no momento, já que a terceira temporada acabou de ser liberada no serviço de streaming Netflix. A série Slasher não tem uma sinopse geral, já que cada temporada é uma história, mas com os mesmos elementos. Em cada uma delas, há um acontecimento terrível em que uma pessoa acaba assasinada e algum tempo depois os assassinatos recomeçam com as pessoas que estavam envolvidas naquele acontecimento.  


Não vou falar muito das histórias em si, quem já assistiu a série tem uma temporada favorita outros gostam mais de outra, mas pra mim todas mantiveram sua qualidade. Slasher é uma série de suspense, terror com histórias paralelas que realmente te prendem em frente a telinha. Em algumas cenas fica até difícil piscar o olho porque você pode perder alguma coisa. O ponto alto da série é a intercalação do passado com o presente, nos momentos certos revelando somente o que é preciso deixando os fatos se desenrolarem e principalmente deixando o espectador interessado na trama, em saber quem está cometendo os assassinatos e qual seria o motivo.  E no final, tende a ser alguém totalmente improvável já que os episódios tem a esperteza de apontar os pontos certos para alguns personagens e te fazer imaginar vários desfechos e até pessoas diferentes para a culpa. Não é uma série que vai te deixar no tédio, com certeza não é.
]
 Ela vai te instigar e te fazer querer assistir um episódio atrás do outro, isso porque a produção consegue manter o ritmo, não entregar demais, não ser óbvio, soltar os fatos no momento certo e desenvolver os acontecimentos de uma forma esperta e eficaz. Vai ser comum ver alguns atores se repetindo nas temporadas em personagens diferentes nas histórias, como já é comum em American Horror Story no qual temporada tem um tema/história, mas normalmente os mesmos atores/atrizes são escalados para os papéis. Se você curte terror/suspense um pouco mais pesado com certeza vai amar essa série. E ah, se você não tem estômago para coisas fortes, talvez assistir a série não seja uma boa já que as mortes são bem pesadas e fortes. Não estamos lidando com nada leve ali. Eu recomendo muito. Assistam.



Sarah Bennett (Katie McGrath) é uma jovem que retorna para a pequena cidade onde ela nasceu após alguns anos do brutal assassinato de seus pais, apenas para encontrar-se presa em uma série de assassinatos baseados nesse homicídio notório. Com os corpos aumentando, segredos há muito tempo enterrados são descobertos e revelam que praticamente todos que ela conhece podem ser um suspeito em potencial – ou vítima.


Ex-líderes de um acampamento de verão no Canadá, onde cometeram um crime há muito tempo, retornam ao local. Mas descobrem que o passado ainda não foi enterrado.

Um assassino conhecido como "O Druida" procura se vingar das únicas testemunhas de um de seus crimes em um complexo de apartamentos.






05 filmes da Julia Stiles

Julia Stiles é uma atriz americana de 38 anos que alcançou a fama com alguns filmes adolescentes que caíram nas graças do público. Além de filmes a atriz também participou da série Dexter  e The Mind Project.  Desde então a atriz protagonizou filmes super bacanas e mostrou sua versatilidade no mundo do cinema. Por isso nesta postagem reuni 05 filmes da atriz que eu adoro e que você tem que assistir com toda certeza desse mundo. E ah, aposto que alguns desses você já assistiu não é ? Me diz ai nos comentários.



10 coisas que eu odeio em você

Eu adoro esse filme e ele fez um grande sucesso na época que foi lançado devido a atuação de Julia Stiles, a história do filme e as cenas relacionadas a comédia além de ser super romântico. O filme é um pouco antigo mas tenho certeza de que vai te conquistar.


No balanço do amor

Um dos filmes românticos que eu mais gosto e que mais destacou a carreira da Julia conta a história de uma dançarina branca que se envolve com um rapaz negro e juntos eles tem que enfrentar um monte de barreiras na dança e com as pessoas ao seu redor.



Um príncipe em minha vida

Um verdadeiro conto de fadas. Esse filme é um dos meus queridinhos e com certeza me fez soltar sorrisos bobos aleatórios enquanto eu estava assistindo. O filme fez muito sucesso e apesar de ter tido continuações (que não foram com a Julia) o primeiro foi o único que eu consegui assistir e gostei de verdade ( teria assistido o 2 mas mudaram a atriz principal). Um filme romântico com toque de conto de fadas com direito a um príncipe de verdade que muda pela garota que se apaixona. AWWWN. ASSISTAM.


Louco por elas

Esse filme tem uma vibe muito mais voltada pra comédia e é aqui que podemos ver uma versatilidade maior da Julia atuando já que ela não faz mais o papel fofinho ou o papel romântico principal. O filme é divertido e rende boas risadas. 



Blackway

Reunião de Anthony Hopkins ( que eu amo de paixão) e Julia Stiles em um filme? Óbvio que eu vou assistir. O filme se volta mais para o suspense e a Julia se sai muito bem no seu papel. A tensão fica no ar até o desenrolar do filme e os dois atores tem uma química bem bacana. Se você curte filmes de suspense essa é outra indicação bacana pra você assistir.

Resenha de Livro: Novamente Você

Livro: Novamente Você
Autora: Juliana Parrini
Ano: 2014
Páginas: 362
Editora: Suma de Letras
Nota: 5 de 5

Se vocês me acompanham aqui e acompanham as resenhas de livro, já devem ter visto o nome dessa autora rolando. A Juliana Parrini é uma autora que começou lá no Wattpad e conquistou com suas histórias mais de 7 milhões de leituras. Com isso, ela foi contratada pela Suma de Letras e lançou os livros " Antes que Aconteça" e " Depois do que aconteceu" que foram um sucesso e já foram resenhados aqui no blog. Eu amei a história e amei a escrita da Ju. Fiquei ainda mais feliz quando em Outubro do ano passado consegui conhece-la pessoalmente na Bienal. Ela estava lançando um livro novo, que eu consegui autografar assim como os outros e agora trago a resenha de mais um livro MARAVILHOSO da Ju. 

Vamos falar do enredo antes? Miah Madsen, ou Maria Rita como era conhecida antes de fugir de sua família e de seu ex marido acaba tendo que voltar ao lugar que morou e encarar todos que abandonou. Ao colocar os pés de volta naquela ilha, Rita tem que enfrentar seu passado, as consequências dos seus atos e lidar com os segredos que escondeu quando fugiu para longe. 

Esse livro é narrado pela Maria Rita/Miah e pelo Leonardo Júnior que é o ex-marido dela que ela largou quando resolveu sair da ilha e não deu nenhuma explicação.  O impressionante pra mim dessa história é como o talento da Juliana é ainda mais evidente. Ela consegue levar a história com fluidez então em nenhum momento você se sente entediado. Quando você engata na leitura, a mesma te leva voando pelas páginas e quando você finalmente se toca, o livro está chegando ao fim. Sempre admirei muito isso em autores que conseguem essa proeza. Não é nada fácil escrever uma história bacana e ainda por cima conseguir manter o ritmo envolvente e a Juliana consegue fazer isso com sucesso. O livro me despertou sentimentos e sensações diferentes talvez por se tratar de uma segunda chance com um amor antigo. A Miah que no começo, parecia bem metida e diferente do que era volta as suas origens aos poucos e consegue ver como as coisas são de verdade. O sentimento que ela tinha pelo ex-marido continua vivo de ambas as partes, apesar de a raiva ter tomado conta ao longos do anos, mas é perceptível que o sentimento ainda estava ali. Leonardo é um personagem encantador. Ele é batalhador, bondoso e carinhoso. 

A narrativa corre tão facilmente que você nem consegue reclamar nada na história. A autora tem um noção muito certa de como está conduzindo a história, qual desenvolvimento quer dar para os personagens em cada momento fazendo com que o ritmo não se perca. Em um cenário encantador, pois a história se passa em uma ilha pra lá de charmosa. As cenas românticas são pra lá de bacanas e os elementos foram muito bem construído. Os dramas, os obstáculos e os segredos revelados dão um toque mais bacana pra história estimulando a leitura e torcendo pelos personagens .Novamente você me despertou algumas lembranças de amores antigos, me fez repensar, me fez embarcar na história dos personagens e me envolveu. Eu fico ainda mais feliz de enaltecer o trabalho de mais uma autora brasileira INCRÍVEL que tem um grande talento e merece muito sucesso. Recomendo muito a leitura. Você vai devorar mais rápido do que pensa e vai amar o modo como a história é conduzida.




"O que estou fazendo aqui? Cubro a boca com as mãos e encaro o mar com a lua cheia ao fundo. Se eu fosse do tipo que chora, com certeza já estaria derramando lágrimas, mas não, eu não choro." 

"O que acaba de acontecer me revela o verdadeiro sentido da vida. Problemas sempre existirão. Quem não os tem? Mas a forma com que lidamos com eles é que faz a diferença."



Miah Madsen precisa voltar para o lugar que fez questão de esquecer por doze anos e encarar sua família, seus amigos e, inclusive, seu ex-marido. Tudo o que ela não queria era ser novamente a Maria Rita. Mas, ao colocar os pés naquela ilha, ela percebe que aquele lugar seria o seu maior pesadelo. Porém, essa era a sua única opção. 

Leonardo Júnior ou Léo, como é chamado por todos, era um caiçara típico que foi abandonado pela esposa de um dia para o outro. Porém, em vez de se entregar ao sofrimento, ele descontou sua mágoa e sua decepção no trabalho árduo, sendo recompensado com o sucesso. Léo se tornou um empresário bem-sucedido, dono da melhor pousada de Ilha Grande, o lugar onde nasceu. O que ele não imaginava é que Maria Rita, sua ex-esposa, voltaria e faria seus alicerces balançarem novamente. 

Será que podemos nos apaixonar novamente pela mesma pessoa após tantos anos? Afinal, uma mágoa pode mesmo durar para sempre?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.