Totalmente Perdida

Já ouvi dizerem que a gente deve se arrepender somente das coisas que não fez, mas de vez em quando bate um arrependimento de algo que nem sei o que é exatamente. Um monte de pensamentos me invadem e ai eu fico pensando como agora se eu tivesse escolhido outros caminhos estaria no mesmo lugar de agora? Nesse exato momento me sinto tão perdida. E não era pra me sentir assim. Não era. Que droga. Eu deixei cair várias lágrimas só hoje. Não to entendendo porque as coisas tem que parecer tão desanimadoras de uma vez só. Queria ter me ensinado melhor a ser mais forte. Queria parar de sentir essas coisas. Queria não ter deixado passar tantas oportunidades de recomeçar, de não ter dito pra mim mesma que aquilo me destruiria por dentro. Queria poder ter dado mais sorrisos, ter cuidado melhor do meu coração ou ter evitado dores que me transformariam de um jeito completamente radical. 
Eu estou com tanto medo do amanhã. Queria que as coisas começassem a acontecer logo. É um empurrão atrás de outro e em momentos como esse quando eu caio não sei se conseguirei levantar. Poxa, dá pra tudo isso parar? Dá pra paralisar o tempo e me dar uns momentos pra respirar? Não to conseguindo pensar. Queria que certas coisas fossem eternas, mas elas acabam tão rápido que chega a doer. Não compreendi tão cedo como deveria que tudo tem um fim. Não aproveitei os momentos como devem ser aproveitados, não pensei que sentiria tanta falta ou que me sentiria assim nesse momento. É tão mais fácil desistir, jogar pro alto e esquecer tudo ao redor. É tão mais fácil que chega a assustar. Quero parar de me sentir insegura. Quero parar de sentir medo do futuro. Quero parar de voltar pra você como um cachorrinho confuso. Parar de dizer palavras que eu nem sei o que realmente significam. Quero que você suma. Quero que você se toque do que está fazendo comigo e que só hoje me permiti chorar de novo. 

Eu evolui muito. Compreendi certas coisas que eu não enxergava antes. Mas percebi que por mais que eu evolua não vou conseguir estar com você. Por mais que eu queira. Por mais que eu conserte meus erros. Por mais que eu dê desculpas. Tá na hora de admitir, de parar. de te arrancar sem dó nem piedade mesmo que fique em carne viva. Não quero mais essa agonia. Não quero mais esses pensamentos contraditórios. Não quero mais ficar sem saber o que fazer. Me sentir perdida como estou agora. Estou procurando o botão que apaga da minha memória todas as suas lembranças. Estou procurando o botão que me faça sorrir e repetir que tudo vai se acertar. Até agora não encontrei nenhum dos dois e então as lágrimas continuam rolando solta essa noite. Preciso urgentemente de uma saída. Preciso de uma solução eficaz. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.